8 coisas que descobri morando na Austrália

Há dois anos eu decidi me aventurar e tentar minha vida na Austrália. Em agosto de 2016 me mudei para Perth, capital do Oeste da Austrália e a capital mais isolada do mundo. E hoje, há pouco mais de 2 meses moro em Hobart, na Tâsmaina, sim, moro na cidade do Taz mania e acredite Tasmânia é um estado da Austrália, não um país. Aqui, do outro lado mundo, na cidade mais isolada do mundo e em um ilha bem abaixo da Australia, eu descobri e continuo descobrindo uma infinidade de coisas que me mudam, me amadurecem e me fazem pensar um pouco diferente do que estava acostumada.

 

1 – O respeito às culturas

A primeira coisa que você descobre, ao sair do seu país e se aventurar há milhas de distâncias, é que SIM o mundo é gigantesco e maravilhoso. O mix de culturas te faz repensar tudo que já te foi ensinado e o primeiro processo da descoberta é: respeitar as pessoas e entender a cultura que elas tem. Não há como negar o choque cultural é grande e o preconceito trazemos desde crianças, mas é aqui e partir dessa vivência que se descobre que é preciso começar a mudar.

 

2 – Ninguém é melhor que ninguém 

A segunda descoberta é enxergar que você é somente mais uma pessoa em meio a tantas outras. É nesse ponto que a humildade finalmente começa a fazer sentido. Saímos de um lugar onde todos nos conheciam e sabiam nossas habilidades profissionais e pessoais. Mas agora, aqui, meu caro amigo, você é somente mais um tentando conseguir um trabalho, querendo viajar pelo mundo com uma mochila nas costas, tentando falar o inglês corretamente no past participle e tirando fotos lindas para postar no Instagram.

 

3 – O mundo está se tornando mais saudável

As outras descobertas passam a ser pessoais e normalmente mais internas. Uma descoberta que eu achei linda e que antes eu acreditava existir somente em revistas foi a quantidade de pessoas vegetarianas e veganas do mundo. Aprendi com elas que a carne é somente um detalhe e que SIM, é muito possível viver sem ela e isso não os torna menos saudáveis. Com isso tenho aprendido a comer de uma maneira mais saudável e a ver o mundo muito mais saudável também.

 

4 – Sutiã é coisa do passado

Descobri também que realmente a queima de sutiãs foi levada à sério aqui na Austrália e que as mulheres não estão nem ai para esse recurso que muitas vezes eu julguei ser necessário. Confesso que essa descoberta nas primeiras duas semanas que fez julgá-las e dizer o quanto feio isso era. Mas depois vi que elas estavam muito corretas e que é realmente impossível usar sutiã no calor de 42 graus.

 

5 – Julgamentos são desnecessários (a menos que estejam relacionados a lei)

Outra linda descoberta foi o não julgamento. Claro, isso sempre foi algo dito mais da boca para fora do que praticado. Mas aqui aprendi que julgar as pessoas definitivamente não nos leva a lugar nenhum e em um mundo com tantas culturas, cabeças e pensamentos diferentes qual o direito que temos de julgar a vida os as ações das outras pessoas. Com certeza nenhum direito. Descobri e aprendi a relacionar a palavra “julgamento” com um significado jurídico relacionado ao descumprimento de leis, ou seja, deixa que os juízes julguem os culpados pelas suas ações perante a lei. Eu prefiro deixar que as pessoas hajam da maneira que elas acharem que devem agir.

 

6 – O machismo é algo que deve ser extinto do mundo

Essa é a mais legal de todas as descobertas. Eu descobri que aqui na Austrália o machismo é uma palavra quase extinta. Aqui dessa lado as mulheres tem direitos iguais aos homens tanto em casa como no trabalho. Pai e mãe tem as mesmas responsabilidades e isso inclui ficar em casa com os filhos nos dias de folga e trocar a fralda de cocô (Isso é tão lindo).

 

7 – Os Australianos gostam de saber que você ama o país deles

Isso não é nenhuma surpresa, afinal todo mundo gosta de ouvir coisas boas sobre o seu país. Mas aqui na Austrália, principalmente na Tasmânia, os locais amam saber que você está indo conhecer outros lugares, que você aprecia cada momento em que está aqui e que as fotos do seu instagram são repletas de paisagens que somente a Austrália possui. Os Australianos, apensar de muitos problemas na história, eles são muito patriotas, amam seu país e adoram ajudar quando falamos que temos a Austrália como nossa casa. E é maravilhoso receber esse aconchego longe da família.

 

8 – E por fim: Descobri quem eu sou de verdade

Antes de chegar aqui eu sabia parcialmente quem eu era, mas aqui eu descobri exatamente quem eu sou. Minhas descobertas de como viver em sociedade ultrapassaram meus pobres conhecimentos, me mostraram que o mundo é repleto de coisas boas, mais ou menos e ruins, me ensinaram que respeito é tudo, e não interessa quem seja, gritar e falar palavras rudes nunca serão a melhor saída.

Eu descobri eu mesma como pessoa. Descobri que os estágios de conhecimento próprio vão além de tudo que eu li e com certeza esse é o maior descobrimento de todos, além é claro de ter conseguido me libertar de usar sutiã.

 

Autora

Ana Paula Maciel Ribeiro

 

Jornalista brasileira apaixonada pela língua inglesa, fazendo intercâmbio na Austrália há um pouco mais 2 anos. Morou, por dois anos, em Perth, WA até que decidiu se aventurar na pequena ilha chamada Tasmânia. Além de estudar e trabalhar como garçonete, registra nas horas vagas pensamentos que surgem a partir de momentos e conversas no blog https://doladodecadomundo.wordpress.com/ com o intuito de mostrar que o Brasil e a Austrália têm mais em comum do que se imagina.

 

 

Receba conteúdo em primeira mão!

Comments (1)

  1. […] textos já não estão mais somente nesse blog do lado de cá do mundo. Eles viraram informação e conteúdo no Blog da West 1conteúdo no Blog da West 1, eles voltaram a virar jornalismo, como eu sempre […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This