Como validar o diploma universitário na Austrália

6 minutos para ler
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Uma das dúvidas mais recorrentes entre os estudantes que pretendem fazer uma graduação ou pós-graduação na Austrália, ou até mesmo atuar na área de formação, é como proceder para validar a formação acadêmica brasileira. Na Austrália existe um programa chamado Recognition of Prior Learning (RPL), ou Reconhecimento de Aprendizagem Prévia, que trabalha com a validação da formação anterior do estudante seja ela formal ou informal.

Contudo, a legitimação não é restringida apenas para quem busca o ensino acadêmico. Em algumas atividades profissionais como arquitetura, direito e profissões relacionadas à área de medicina, é exigido, entre outros requisitos, o reconhecimento do histórico acadêmico e profissional para poder exercer a ocupação em solo australiano.

VALIDAÇÃO ACADÊMICA

O RPL é muito útil para o estudante que pretende ingressar em cursos superiores (Bacharelado, Graduação ou Pós-Graduação) ou vocacionais (Educação Técnica – VET), pois as habilidades e conhecimentos validados pelo programa podem ser utilizados como créditos para encurtar o período da qualificação na Austrália. Basicamente a instituição educacional da Austrália avalia a grade curricular cursada no Brasil para, se possível, eliminar do curso na Austrália as matérias equivalentes já cursadas.

Cada instituição possui seus requisitos próprios, por isso antes de optar por uma escola verifique com o setor de admissões qual o melhor caminho para validar os seus conhecimentos e obter as isenções. Um passo importante é reunir toda a documentação da instituição de ensino no Brasil, incluindo Academic Transcript – grade curricular de todo o curso – e o diploma, caso o curso tenha sido concluído.

VALIDAÇÃO PROFISSIONAL

A validação profissional é feita por diversas entidades dependendo do que o estudante busca. Para cada profissão há um órgão responsável pela regulamentação do setor que atesta se a profissão exercida no Brasil é reconhecida na Austrália. Esse processo varia de uma ocupação para outra, algumas delas envolvem provas práticas e teóricas e até mesmo programas de estágio no mercado australiano antes da validação profissional. Exemplos:

Arquitetura

Os estudantes formados em arquitetura que pretendem atuar na área enquanto estudam na Austrália, precisam passar por uma série de avaliações com a Architects Accreditation Council of Austrália (AACA), órgão habilitado pelo governo Australiano e pertencente do Programa de Migração Qualificada. Neste caso, o processo possui dois estágios que consistem em um balanço das qualificações acadêmicas e uma prova conhecida como EAP (Exam Architectural Pratice), após a aprovação o estudante pode aplicar para o registro da profissão.

Direito

Para a área de direito, um advogado formado em outro país com intenção de exercer a profissão na Austrália, precisa solicitar o reconhecimento das habilidades para a autoridade da região que ele pretende residir. Na região de Sydney, por exemplo, quem faz essa validação é o Conselho de Admissão New South Wales (http://www.lpab.justice.nsw.gov.au/), a autoridade competente irá realizar provas de avaliação, solicitar comprovações de experiência profissional e das qualificações além de um teste de proficiência em inglês. No caso dos brasileiros especificamente, como o diploma de direito do curso concluído no Brasil não é válido na Austrália, o advogado precisa cursar novamente uma faculdade de direito. A boa notícia é que com as matérias eliminadas com os créditos obtidos através do RPL o estudante não precisa fazer toda a grade curricular. Nesses casos a duração do curso varia de uma universidade para a outra e de caso para caso, mas em média o advogado brasileiro conclui o bacharelado em direito na Austrália entre dois e três anos.

Medicina e Saúde

Contato Agências Intercâmbio WEST 1Powered by Rock Convert

Entre todas as profissões, um dos processos mais burocráticos é o de validação da formação em medicina. Os médicos possuem um programa específico chamado “Doctor Connect” (www.doctorconnect.gov.au), mantido pelo Departamento de Saúde Australiano. Em resumo o profissional irá passar por uma bateria de testes divididos em seis etapas com verificações básicas como cumprir os requisitos de fluência da língua, aplicar um visto de residência com o Departamento de Imigração, além de se inscrever na Agência de Regulação Profissional de Saúde Australiana (AHPRA). Durante o processo avaliações de aptidão clinica serão aplicadas nos profissionais.

 DOCUMENTAÇÃO

Como pudemos ver alguns processos são específicos de acordo com o segmento que você pretende utilizar suas qualificações, contudo em todas as ocasiões os estudantes possuem uma documentação básica que listamos abaixo:

– Certificados de qualificação (originais e cópias autenticadas);

– Histórico Acadêmico (originais e cópias autenticadas);

– Qualquer certificado relativo à aprendizagem. Neste caso qualquer comprovante de experiência profissional como uma carta do empregador, por exemplo, certificados acadêmicos como: artigos publicados, participação em palestras, seminários e etc. É importante ressaltar que todos os documentos e registros devem ser traduzidos por um profissional autorizado pelo governo australiano. Você pode encontrar um tradutor certificado no site https://www.naati.com.au/

 

O processo de validação do diploma ou reconhecimento de uma profissão na Austrália não é simples, no entanto é possível, basta muita vontade e determinação. Em 10 anos promovendo a Austrália como destino no mercado de intercâmbio, nós da WEST 1 já vimos muitos estudantes que chegaram para estudar inglês no país e pela vontade de estender a permanência na Austrália passaram por todo esse processo de validação de um diploma ou reconhecimento de uma profissão nas mais variadas áreas, seja pela intenção para fins educacionais ou profissionais.

Então se você pretende um dia continuar a sua formação acadêmica na Austrália, trabalhar ou mesmo migrar para morar de vez nesse país maravilhoso, não se deixe intimidar por questões burocráticas.

Boa sorte! E conte sempre conosco.

 

Receba dicas exclusivas para planejar o seu intercâmbio!

Você também pode gostar

2 thoughts on “Como validar o diploma universitário na Austrália

  1. Boa noite

    Por favor nao acho nada relacionado ai curso de
    Ciencias contabeis, sabe me dizer se eh possivel valida-lo na australia?

    Muito obrigado

    Wpp 55 63 984888128

    P favor me responde

  2. Ola, Sou a Flávia Eiko Cabral, atualmente moro em Sydney, sou profissional de Rh a 20 anos e a minha profissão entrou para a lista da regional Northern Territory . Gostaria de saber se vocês já reconheceram profissões como a minha ? Isso é possível ? Tb precisaria estender o meu visto por mais 1 ano para completar 2 anos de curso na regional. Vocês fazem esse tipo de trabalho ? Será um pouco urgente ! Meu Vet inicia agora 06/08 em Sydney e se possível queria mudar antes de iniciar o curso.

Deixe um comentário