Custo de vida na Austrália 2019: tudo o que você precisa saber

A Austrália é um dos países mais procurados por quem pensa em estudar inglês. Todos os anos o país recebe centenas de intercambistas de vários cantos do mundo. Se você faz parte do grupo que escolheu a terra dos cangurus como destino, deve ter dúvidas como: Que cidade escolher? Qual é a melhor escola? Se hospedar em casa de família ou residência estudantil? E entre todas as perguntas que surgem no planejamento do seu intercâmbio, uma das principais é: Quanto eu vou gastar para viver no país? Por isso nesse post a gente vai te dar todas as informações sobre custo de vida na Austrália.

De acordo com o Departamento de Imigração e Proteção de Fronteiras o valor do custo de vida anual na Austrália é de AU$ 20.290 dólares por ano (ou AU$ 1.690,84 por mês). Para os estudantes que pretendem levar o cônjuge para a Austrália o custo de vida possui um acréscimo de 35% ao mês (AU$ 7.100 no ano). Já para casais com filhos, o Departamento de Imigração calcula um custo adicional de 15% do custo anual, sendo AU$ 3.040,00 por ano para CADA filho.

Para ajudá-lo a planejar o seu intercâmbio e colocar tudo na ponta do lápis, nós fizemos um levantamento com os gastos básicos para sobrevivência na Austrália. Confira:

ACOMODAÇÃO

A Austrália possui uma gama muito grande de acomodações para quem pretende fazer intercâmbio no país. Casa de Família (Homestay), Acomodação Compartilhada (Share Accommodations), Albergues (Backpackers) e Apartamento Estudantil (Students Apartaments) são algumas das opções que o país possui para agradar a todos os bolsos. Escolher um alojamento que se adapte as suas necessidades é um dos principais fatores que deve ser considerado na hora de buscar uma acomodação. Além do custo, que varia de acordo com o estado, cidade e o tipo de acomodação, o suporte dado pelo locatário, taxas de aluguel e a própria infraestrutura do imóvel, como a disponibilidade de eletrodomésticos e lavanderia, por exemplo, são imprescindíveis para a escolha da hospedagem perfeita.

Por conta da segurança que oferece, a Homestay é comumente o primeiro tipo de acomodação que os estudantes terão contato na Austrália. Com um valor de periodicidade semanal entre AU$ 250 à AU$ 300, ficar hospedado em uma casa de família, na maioria dos casos, possui uma infinidade de vantagens como o quarto exclusivo e o café da manhã e jantar incluído no valor pago pela hospedagem, além é claro de oferecer o privilégio de vivenciar o dia a dia de uma família australiana.

Após o período da Homestay é comum aos estudantes buscarem uma Share Accommodation, ou apartamento compartilhado, opção mais escolhida pelos estudantes por ser uma alternativa mais barata e atrativa, que tem como principal diferencial oferecer aos estudantes a independência de morar sozinho além de um ambiente partilhado com outros intercambistas de diversas partes do mundo. O valor da Share Accommodation varia de AU$ 150 à AU$ 300 por semana, dependendo da região escolhida, além de outros fatores como o aluguel de um quarto sozinho ou compartilhado.

Existem diversas formas de se encontrar uma acomodação compartilhada. Na própria escola é comum os estudantes compartilharem opções de acomodação. Você também pode recorrer às redes sociais, por exemplo, nós da WEST 1 possuímos diversos grupos para compartilhamento de informações entre os estudantes com uma infinidade de opções de alojamento para os mais diversos perfis.

Contudo, diferente da Homestay, a Share Accommodation, possui algumas particularidades, como é o caso do Bond, taxa de cerca de quatro semanas de aluguel, cobrada para cobrir o reparo de qualquer dano que o estudante cause à propriedade. Ao final do contrato o valor pode ser devolvido total ou parcialmente dependendo das condições que o estudante entrega o imóvel.

Outra opção viável para quem planejar economizar um pouco com os gastos de transporte são os Students Apartments, acomodação localizada no próprio campus das universidades e de algumas escolas (geralmente o apartamento estudantil fica a poucos metros da escola), que oferece um estilo de vida mais independente aos estudantes. Confortáveis e decorados os Apartamentos Estudantis tem um custo entre AU$ 230 à AU$ 500 por semana e na maioria das vezes possuem serviço de limpeza incluído.

TRANSPORTE

O serviço de transporte público Australiano é muito moderno e bem desenvolvido. Grande parte das escolas estão localizadas a uma curta caminhada de diversas opções de transporte como estações de trem e pontos de ônibus. A cidade de Perth, por exemplo, possui um serviço de transporte público gratuito chamado CATS (Central Area Transport Service) que circula por todo o distrito central de negócios da cidade. Opções como trens, bondes e balsas são acessíveis e a bike é um transporte muito comum entre os estudantes. Os custos com transporte variam de acordo com a região que o estudante percorre e o tipo de transporte, todavia o custo médio semanal é de cerca de AU$ 30 dólares. Cada região possui um serviço de consulta on-line para que o estudante tenha acesso às regiões atendidas, horários e os custos de cada modalidade.

Grande parte das cidades possui um sistema de integração entre linhas de ônibus, trem ou balsas. Algumas delas também possuem políticas de subsídio do transporte para os estudantes internacional oferecendo passagens grátis ou desconto. Para consultar as especificidades dos meios de transporte da região que você reside ou pretende morar confira os links abaixo:

Australia Capital Territory

New South Wales

Northern Territory

Queensland

South Australia

Victoria

Tasmânia

Western Australia

Outra forma de se locomover pela Austrália é dirigindo. O país não possui nenhuma restrição específica para que os estudantes internacionais possam conduzir um veículo no continente, apenas que ele possua a carteira de habilitação traduzida por um profissional homologado pela embaixada ou uma Permissão Internacional para Dirigir, que deve ser solicitada no país de origem. Além do custo de compra ou aluguel de um carro, as despesas com combustível são em torno de AU$ 1,00 à AU$ 1,40 (o litro da gasolina). Em caso de dúvidas você pode consultar o órgão responsável por cada região. Seguem os links abaixo:

Australia Capital Territory

New South Wales

Northern Territory

Queensland

South Australia

Victoria

Tasmânia

Western Australia

ALIMENTAÇÃO

A Austrália possui uma culinária típica com grande influência da colonização inglesa e da culinária asiática com particularidades que só a terra dos cangurus pode oferecer. A cidade de Melbourne, por exemplo, conhecida como “Foodies Paradise”, ganhou fama internacional e é um dos destinos imperdíveis no país, por oferecer o melhor da gastronomia dos quatro cantos do mundo além de ser a sede de um dos mais famosos institutos culinários do mundo o Le Cordon Bleu. Diversos produtos típicos da Austrália já ganharam o mundo e é comum encontrar alguns deles nas prateleiras dos mercados de produtos importados no Brasil, como é o caso de um biscoito coberto de chocolate bem característico da Austrália chamado “Tim Tam”, todavia o alimento mais popular é o Vegemite uma espécie de geleia salgada feita a partir de vegetais, extrato de levedura e aditivos especiais, muito popular entre os Australianos e comumente saboreada com pão ou torradas no café da manhã.

O churrasco australiano também é bastante peculiar, quando comparado ao que temos no Brasil. O “Aussie Barbecue” é feito com salsichas, hambúrgueres, carnes, frutos do mar, pão e salada. A cena gastronômica é tão importante para os nativos que o país possui uma infinidade de competições culinárias como o Australian Culinary Challenge, o National Apprentice Competition, o Nestlé Golden Chef’s Hat Award e o Oceanafest.

Já o custo semanal com alimentação básica na Austrália é de cerca de AU$ 50 à AU$ 150 dólares. Os preços possuem pequenas variações de acordo com a região. Para quem precisa conter os gastos uma ótima opção, oferecida por grande parte dos supermercados, são os produtos “Home Brand”, marcas próprias com preços justos. Abaixo você confere uma lista com o preço médio de diversos produtos para a alimentação básica e entretenimento:

LAVANDERIA

Viver sozinho já é um grande desafio, principalmente quando você está em outro país longe da família. No começo cada novo dia é uma vitória, ter que arrumar o quarto todo dia, a primeira compra, o primeiro almoço que você mesmo cozinhou, mas e na hora de lavar a roupa? Grande parte das casas compartilhadas já possui uma máquina de lavar roupa, entretanto é muito comum os estudantes optarem por utilizar uma lavanderia, não apenas para ganhar tempo na correria do dia a dia, mas para economizar a água, uma vez que na Austrália a escassez é grave. O custo de uma lavanderia pode variar um pouco, dependendo da quantidade de roupas e o que você irá lavar (roupas do dia a dia ou cobertores, por exemplo), mas as despesas podem variar de AU$ 5 à AU$ 15 dólares.

TELEFONIA E INTERNET

Geralmente a Homestay ou as acomodações compartilhadas oferecem para os estudantes acesso a internet (não gratuito, mas por um valor que é rateado com os outros estudantes ou moradores da casa). Todavia, caso você queira contratar por conta própria saiba que muitos provedores de internet na Austrália também oferecem pacotes de telefonia móvel ou fixa, com planos pré-pagos ou por contrato. Os custos com telefonia e internet variam de acordo com a operadora escolhida e o plano, contudo o custo médio semanal varia de AU$ 20 a AU$ 55.

SAÚDE

Os tratamentos médicos australianos, em alguns casos, podem ser caros e, por não ter direito ao Medicare – o sistema de atendimento básico de saúde Australiano – os estudantes podem ter problemas para custear alguns tratamentos que podem chegar até $600 dólares por dia. Para que os estudantes internacionais possam ter um atendimento de qualidade o governo Australiano possui um programa chamado Overseas Student Health Cover (OSHC) que é um seguro saúde obrigatório para os estudantes internacionais.

Os valores das apólices variam dependendo do plano contratado, um plano básico (4 meses de cobertura individual), varia de AU$ 146 à AU$ 182 dólares. O OSHC é contratado ainda no Brasil, junto com o intercâmbio, todavia é importante o estudante possua [um valor reservado], pois o seguro funciona na forma de reembolso, na qual o intercambista paga pela consulta e após a conclusão do serviço reúne todos os comprovantes de despesas e solicita o pedido que pode ser feito online, via correio ou direto em uma loja física, dependendo da empresa seguradora.

Para saber mais sobre OSHC, acesse.

CUSTO DE VIDA POR CIDADE DA AUSTRÁLIA

No final das contas o quanto um estudante gasta por semana na Austrália acaba sendo um pouco relativo, pois tudo depende das escolhas de cada indivíduo e do estilo de vida que cada um leva. Com o intuito de passar uma idéia mais precisa e comparar o custo de vida por cidades, preparamos duas tabelas que podem ajudar você a ter uma idéia melhor de quanto custa viver no destino de sua escolha.

Na primeira simplesmente listamos alguns itens de consumo do dia a dia. Os valores são uma média mensal dos últimos doze meses segundo colaboradores do site de comparação de custo de vida www.numbeo.com.

Na segunda tabela consultamos os nossos especialistas de cada cidade onde as agências da WEST 1 estão presentes para sabermos, segundo a experiência de cada um deles no dia a dia com o estudantes, quanto em média os intercambistas gastam nas principais cidades da Austrália.

 

Agora que você já tem as principais informações sobre custo de vida na Austrália, é hora de planejar seu intercâmbio. Cuidar de cada detalhe da sua viagem antes do embarque é fundamental para evitar dores de cabeça e aproveitar ao máximo a sua estadia no país. Por isso nós da WEST 1 temos um equipe completa de especialistas tanto no Brasil quanto na Austrália para ajudá-lo em todas as etapas da sua jornada. Conte sempre conosco!


Receba conteúdo em primeira mão!

Comments (8)

  1. Muito bom o artigo, bem esclarecedor!!! Continue fazendo artigos com informações valiosas como essas!!!

    1. Olá Karien, tudo bem?
      Que legal saber que você gostou do nosso post. A idéia é justamente essa, trazer muita informação valiosa para quem pretende realizar um intercâmbio.
      Conte com a gente para o que precisar.
      Abraços!

    2. Olá Karien, obrigado pelo comentário. Ficamos felizes em saber que nossos posts estão ajudando.
      Abraços!

  2. Parabéns pelo artigo ! Extremamente necessário, pois transmite a realidade econômica de cada região do país.

    1. Oi Frederico, obrigado você por acompanhar o nosso blog!
      É um prazer saber que gostou do nosso post. Fique ligado que tem muito mais.
      Forte abraço!

    2. Valeu, Frederico! Sem dúvidas a abordagem sobre o custo de vida nos destinos é de muita importância para quem está planejando o intercâmbio.
      Abraços!

  3. […] no exemplo australiano, o custo de vida médio é de R$ 6 mil reais ao mês, para uma família com um filho. Enquanto no Brasil, a cidade considerada com o maior custo de vida é o Rio de Janeiro, com custo […]

  4. Quais os custos envolvidos para morar na Austrália com família de 2 filhos pequenos? Pensando em planejar todas as possibilidades de gastos. Saúde, educação, curso do pai brasileiro para ter visto e curso da mãe italiana para ter o visto. Que gastos poderiam nos pegar de surpresa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This