9 dicas essenciais para trabalhar no exterior

6 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Você sonha em trabalhar no exterior? Viver uma experiência internacional é o desejo de muita gente. A oportunidade é imensamente enriquecedora para quem almeja adquirir novos conhecimentos, explorar diferentes culturas e sair da zona de conforto — e, em consequência, amadurecer profissionalmente e pessoalmente.

Quer construir uma carreira de sucesso mundo afora? Então, atente agora ao texto a seguir! Listamos nove dicas muito especiais para você tomar coragem, encarar outros caminhos e, finalmente, conquistar o seu espaço em terras estrangeiras. Vamos lá?

1. Defina seus principais objetivos

O primeiro passo pode parecer óbvio, mas há quem se esqueça de simplesmente refletir sobre aonde quer chegar. Durante essa primeira etapa, o exercício do autoconhecimento vai acompanhá-lo — e ele será primordial para identificar seus desejos profissionais.

Você quer aprimorar o seu currículo? Pretende apostar na aquisição de novas habilidades ou linguagens? Pensa em viver definitivamente em outro país? Independentemente do seu objetivo, lembre-se de que é importante defini-lo de uma forma bastante clara para concretizá-lo.

2. Escolha o destino perfeito

Agora que você já descobriu o que quer para si, é o momento de escolher o destino perfeito! Se você já tem ideia de onde quer aterrissar, pesquise sobre as áreas em que é possível atuar no país de destino. Considere se há campo para você exercer a profissão de sua formação — ou aquela que sempre sonhou.

Se existem dúvidas sobre onde trabalhar no exterior, pesquise por países que oferecem oportunidades para pessoas de outras nacionalidades. O Canadá, a Irlanda e a Austrália, por exemplo, são lugares que incentivam a contratação de estrangeiros com qualificação.

3. Veja como encontrar o emprego ideal

Já sabe para onde pretende ir? Então, busque informações sobre as oportunidades que o país de destino pode oferecer! Vale visitar sites de empregos ou, ainda, consultar as vagas ofertadas por meio do LinkedIn.

Confira os pré-requisitos mais valorizados no mercado profissional, as principais competências requeridas e também o perfil que as empresas buscam.

4. Considere adquirir novos diplomas e certificações

Talvez seja preciso investir em novas formações para conquistar o emprego dos seus sonhos no exterior. Por isso, pesquise a necessidade de realizar novos cursos, adquirir novas linguagens ou, ainda, conquistar outras certificações. Em alguns países, é necessário certificar o seu nível de inglês, por exemplo.

5. Elabore um bom currículo profissional

Preparar um currículo internacional demanda tempo e muita dedicação. Afinal, não basta simplesmente traduzir as informações para o idioma oficial do país de destino — é primordial adequar-se aos modelos exigidos pelo mercado de trabalho internacional.

Existem alguns cuidados importantes para elaborar o documento. Relacionamos eles abaixo. Acompanhe agora:

Contato Agências Intercâmbio WEST 1Powered by Rock Convert
  • evite utilizar o Google Tradutor: a ferramenta pode ocasionar erros gramaticais graves;
  • relacione as informações de modo conciso: currículos longos demais podem ser descartados de cara;
  • não se esqueça de incluir suas informações de contato, como e-mail e telefone;
  • atente para a formatação do documento: fonte, tamanho, espaçamento entre linhas etc.

6. Confira os documentos requeridos para trabalhar no exterior

Você sabe quais documentos são necessários para trabalhar no exterior? Sabemos que essa etapa é chatinha, mas não podemos esquecer que a burocracia existe, infelizmente. Então, prepare-se para providenciar o quanto antes os documentos requeridos para evitar aborrecimentos no futuro.

Primeiramente, será preciso conseguir um visto de trabalho. Se você pretende estudar em alguma universidade, necessita ater-se aos documentos solicitados muito antes de começar as aulas. Além disso, é bem provável que eles precisem ser traduzidos para a língua do país de destino. E, antes de providenciar tudo, não se esqueça de acompanhar os prazos para não perder as oportunidades e arrepender-se depois!

7. Invista em networking

Se você ainda não tem LinkedIn, está na hora de criar um perfil na rede agora. A partir dele, é possível criar um networking internacional com pessoas que atuam em seu nicho profissional. Mas, antes de mais nada, tenha em mente que não basta apenas adicionar novos contatos profissionais aleatoriamente — quantidade não significa qualidade!

Saiba que é preciso investir nesses relacionamentos. Troque informações, peça conselhos e aposte na interação com pessoas influentes no ramo em que você pretende trabalhar. Uma simples conversa pode lhe abrir portas. Pense nisso!

E, claro, não se esqueça de manter o seu perfil constantemente atualizado — e, de preferência, traduzido para o inglês, a língua padrão dos negócios.

8. Prepare-se para lidar com dificuldades

Como você pode conferir, é preciso planejar-se bastante antes de apostar todas as suas fichas no mercado de trabalho internacional. Afinal, mesmo com muito preparo, eventualmente, as coisas podem não ocorrer conforme você esperava.

Por esse motivo, recomendamos que você estabeleça — só por precaução — um plano B para que não existam surpresas desagradáveis. Descubra quanto dinheiro é preciso guardar para eventuais emergências, por exemplo. Ou calcule por quanto tempo você consegue manter-se em outro país sem um emprego. Prevenir-se nunca é demais, não é verdade?

9. Aposte na ajuda de uma agência

Você considera que trabalhar no exterior é uma mudança bastante radical e tem uma certa insegurança para dar o primeiro passo? Tranquilize-se: é completamente compreensível. Então, considere receber auxílio de uma agência especializada para dar suporte a todos os processos necessários! A empresa poderá lhe ajudar a resolver com tranquilidade e segurança os detalhes de sua viagem.

Confira, a seguir, alguns exemplos de serviços oferecidos:

  • tradução de documentos;
  • renovação de vistos;
  • orientação personalizada para ingressar no novo mercado de trabalho;
  • informações sobre leis, cultura, transporte e tudo o que você precisa saber para ambientar-se no país de destino;
  • auxílio na compra de passagens aéreas.

Viu como o caminho para trabalhar no exterior não é assim tão complicado? Basta, no entanto, que haja muito planejamento, dedicação e investimento em formações específicas que podem lhe destacar no mercado de trabalho internacional. O esforço valerá a pena para que você vivencie experiências únicas, inesquecíveis e transformadoras!

Agora que você já conheceu dicas essenciais para trilhar uma carreira exitosa mundo afora, o que acha de entrar em contato com a WEST 1? Nosso time de consultores especializados está pronto para lhe dar suporte em todas as etapas de sua nova empreitada profissional. Fale com a gente!

 

Receba dicas exclusivas para planejar o seu intercâmbio!

Você também pode gostar

Deixe um comentário