Toronto: principais pontos turísticos, atrações e custo de vida

6 minutos para ler
Intercâmbio para o Canadá: Guia prático sobre como se preparar para essa viagemPowered by Rock Convert

Se você quer conhecer a maior cidade do Canadá, seja para intercâmbio, seja para trabalho ou a passeio, é importante saber tudo de melhor que o lugar tem a oferecer. Afinal, não dá para viajar e deixar de conferir os principais pontos turísticos de Toronto, certo?

Estamos falando de nada menos do que a quarta maior cidade da América do Norte. Capital da província de Ontario, é uma dos lugares mais multiculturais do mundo e atrai milhares de imigrantes por ano. A metrópole reúne inúmeros pontos turísticos e atrações que são imperdíveis durante uma viagem, além de oferecer muitos outros benefícios a quem deseja conhecê-la.

Para informar você melhor sobre o assunto, preparamos este post, no qual reunimos os principais locais para visitar, mostrando suas características mais importantes. Confira!

CN Tower

Conhecida como a torre mais alta do ocidente, a CN Tower é uma opção para todos que desejam experimentar a sensação de estar a uma altura de 1.815 pés. Sua estrutura é constituída por piso de vidro, deck de observação, além de um ótimo restaurante, que é o 360º Restaurant. Ele gira de forma lenta e permite que os clientes tenham uma visão 360º do espaço.

Os visitantes também podem aproveitar o Edge Walk, que é uma caminhada externa pela circunferência da torre, é claro, com todo o equipamento e monitoramento para garantir a segurança.

O ponto turístico chega a atrair 2 milhões de visitantes todos os anos, mas é possível conhecê-lo sem enfrentar multidões. Para isso, vale a pena chegar antes das 11 horas, pois a partir de meio-dia o local já começa a ficar cheio. Aliás, lembre-se de evitar visitá-lo aos finais de semana!

CN Tower fica aberta durante 364 dias no ano, fechando apenas no Natal. O horário de funcionamento é das 9h às 22h30, sendo prolongado aos finais de semana e por temporada.

Ripley’s Aquarium

O aquário de Toronto é o maior do Canadá. Nele, você verá a mais vasta coleção de tubarões da América do Norte e ainda tem o maior túnel embaixo d’água do continente, com cerca de 16.000 animais em seu interior.

Ainda que aquários sejam motivos de controvérsias por deixarem animais em cativeiro, o Ripley’s Aquarium tem uma função bem educativa. Assim, busca promover a conscientização sobre a preservação da água, tornando-se um importante ponto no país quando o assunto é trabalho ambiental.

No local, é possível observar peixes e outros seres de água doce e salgada que habitam por lá. Além disso, em determinados momentos, é possível tocar em algumas espécies. A visita acontece individualmente e dura duas horas. Depois disso, você pode subir no observatório da torre do aquário.

Ripley’s Aquarium foi inaugurado em 2013 e funciona durante todos os dias do ano, geralmente das 9h às 23h. Mas em alguns dias, o local fecha às 18h, em datas que variam. Por isso, vale a pena checar o calendário oficial antes de ir.

Royal Ontario Museum

Para quem gosta de museus, o Royal Ontario Museum é uma ótima opção. Trata-se de um museu de artes e história natural dividido em quatro andares, que apresenta uma ampla diversidade de temáticas e coleções. Uma curiosidade é que a estação de metrô que permite acesso ao museu tem uma decoração na temática egípcia.

Esse é o maior museu da cidade, considerado também um dos dez maiores do mundo, atraindo mais de um milhão de visitantes anualmente. O local é dividido em dois edifícios, sendo um mais antigo, lançado em 1914, e outro mais recente, datado de 2007.

Contato Agências Intercâmbio WEST 1Powered by Rock Convert

Contando com mais de seis milhões de peças, o Royal Ontario Museum tem cinco andares e conta com exposições permanentes e temporárias. As atrações agradam públicos de diferentes faixas etárias.

O museu abre todos os dias, das 10h às 17h30, com exceção do Natal, período em que não funciona. Se você não deseja enfrentar filas nem multidões, prefira visitá-lo na parte da tarde em dias úteis, que costumam ser mais vazios.

Casa Loma

Para quem ama história, esse é o ponto turístico ideal de Toronto. A Casa Loma foi construída pelo financista Sir. Henry Mill Pellat, um dos maiores magnatas do século XX, que teve grande contribuição com o desenvolvimento do país.

A construção parece um castelo. No seu interior estão preservadas decorações e obras que retratam uma parte importante da história do Canadá. Há também jardins encantadores, uma torre que permite avistar toda a cidade, assim como um túnel secreto, que leva a estábulos e uma coleção de carros antigos.

Todos os anos, mais de 350 mil turistas visitam o local, que tem quase 100 cômodos e bastante história em cada um deles.

Casa Loma só não abre no Natal, funcionando então durante 364 dias no ano. O horário de funcionamento é das 9h30 às 17h, mas para entrar é necessário chegar até as 16h30. Já na véspera do feriado natalino, a casa fecha mais cedo, às 16h. Para evitar multidões, prefira ir antes das 11h30.

Eaton Centre

Esse é um dos principais pontos turísticos de Toronto, especialmente para quem deseja fazer compras. Conhecido como o maior shopping do Canadá, o Eaton Centre reúne cerca de 200 lojas de grandes marcas e restaurantes.

No local, você encontra marcas como Nike, Pandora, Coach, Banana Republic, MAC e Zara. Vá preparado para andar bastante pelos diversos andares do shopping!

Ele funciona todos os dias, mas de segunda a sexta o horário é das 10h às 21h30, no sábado é de 9h30 às 21h30 e no domingo é das 10h às 19h.

Dundas Square

Dundas Square também é conhecido como o “Times Square de Toronto” e é uma praça onde você encontra todos os outdoors iluminados. O local também reúne vários eventos, exposições, shows, filmagens, artistas de rua etc.

É um lugar sempre bastante procurado e movimento por oferecer muitas opções de entretenimento ao público. Fica ao lado do Eaton Centre, o que facilita a visitação das duas atrações no mesmo dia. É interessante apreciar o local à noite, quando todos os painéis estão iluminados. Por ser um lugar aberto, está sempre funcionando.

Como pode ser observado, existe uma infinidade pontos turísticos em Toronto interessantes para conhecer. Além dos citados, há muitos outros entre parques, museus e centros comerciais. Outro aspecto importante são as belezas naturais que a cidade oferece, além de sua diversidade cultural e custo de vida acessível. Vale a pena conferir!

E aí, gostou do post? Então, compartilhe este conteúdo em suas redes sociais e ajude seus amigos a conhecerem mais sobre o assunto! Quem sabe eles também não se apaixonam por Toronto e vocês decidem embarcar em um intercâmbio juntos?

Receba dicas exclusivas para planejar o seu intercâmbio!

Você também pode gostar

Um comentário em “Toronto: principais pontos turísticos, atrações e custo de vida

  1. Quero ir trabalhar no Canadá. E um sonho meu.
    Desde pequeno de ir morar e trabalhar no Canadá.
    Espero que vc possa me ajudar…

Deixe um comentário