7 coisas que você deve saber antes de arrumar um emprego na Austrália

7 minutos para ler
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Quando o assunto é intercâmbio, um dos destinos mais procurados pelos estudantes brasileiros é a Austrália. A lista de motivos que tornam o país um dos favoritos para os intercambistas é bem grande, e vai desde as belas paisagens do continente, o clima semelhante ao brasileiro, à atrativa vida noturna e cultural até o fato de três das 10 melhores cidades para se viver serem australianas.

Entretanto, o que mais encanta aqueles que pretendem estudar na Austrália é a possibilidade de trabalhar legalmente com visto de estudante, tudo isso porque a legislação do país permite ao intercambista conciliar os estudos ao trabalho remunerado por até 40 horas quinzenais durante o período acadêmico (trabalho part-time ou casual), ou quantas horas o estudante quiser no período de férias (trabalho full-time).

São os fatores listados acima e diversos outros que tornam a Austrália o destino certo para quem pretende conciliar os estudos com o trabalho, e se você já está embarcando ou já chegou na Austrália e precisa de uma ajudinha para encontrar um emprego, nós separamos uma lista com 7 coisas que você deve providenciar antes de buscar uma oportunidade na Austrália. Confira:

1 – Tax File Number

A primeira providencia que você deve tomar para trabalhar na Austrália é solicitar o Tax File Number. Esse número, que pode ser comparado com número do CPF brasileiro, é solicitado pelos empregadores no momento que você é selecionado para uma vaga de trabalho. É com ele que o seu imposto é retido na fonte e também serve como referência para a declaração do imposto de renda no final do período fiscal australiano.

Suporte WEST 1

Os estudantes que viajam para o intercâmbio na Austrália através da WEST 1 não precisam se preocupar com solicitação do Tax File Number. Assim que intercambista desembarca no país, a nossa equipe já faz a aplicação junto ao departamento fiscal australiano e em poucos dias o Tax File Number já está disponível nas nossas agências para os estudantes que estão em Sydney, Perth, Melbourne ou Gold Coast. Para as outras cidades, o Tax File Number é enviado diretamente para o endereço do estudante na Austrália.

2 – Abrir conta em Banco

Após ter em mãos o Tax File Number, o próximo passo é abrir um conta bancária na Austrália. Os empregadores exigem os dados bancários do funcionários para que os pagamentos sejam feitos através de transferência eletrônica. Como tudo na Austrália, esse processo é bem fácil e desburocratizado. Vá até um banco com seu passaporte e o comprovante de matrícula da sua escola e peça para abrir uma conta de estudante, as taxas são menores e você terá diversas isenções.

Suporte WEST 1

Durante o planejamento do intercâmbio, com o auxílio das agências da WEST 1  no Brasil, o estudante já pode solicitar a abertura da conta bancária na Austrália. Em parceria com o Commonwealth Bank, um dos maiores bancos australianos, já providenciamos a abertura da conta para o intercambista no momento que o visto de estudos é emitido pela Embaixada da Austrália no Brasil. Após a aplicação, o estudante já recebe por e-mail uma notificação do banco com os dados da conta e todas as instruções referentes ao processo de ativação que deve ser feito assim que chegar na Austrália.

3 – Cover Letter e Resume

É muito comum na Austrália que os candidatos entreguem uma carta de apresentação (Cover Letter) junto com o currículo (Resume). A carta deve conter uma breve apresentação pessoal contando um pouco das qualificações dos estudantes e os motivos pelos quais ele é capacitado para a vaga que ele está buscando.

Suporte WEST 1

Entre outros serviços das agências da WEST 1 na Austrália, mensalmente fazemos um workshop com o intuito de preparar o estudante para a busca do primeiro trabalho na Austrália, o How to Get a Job. Nesse evento os nossos especialistas abordam temas como preparar um bom resume e a cover letter, além de muitas outras dicas. Ao final do evento, o estudante recebe alguns templates para a elaboração do seu próprio currículo e carta de apresentação.

4 – Referências

Uma coisa que conta muito pontos na hora de conseguir uma vaga na Austrália é uma carta de referência, principalmente se você já tiver alguma experiência na Austrália. Uma dica é pedir para a escola ou até mesmo a Homestay que lhe acolheu na sua chegada para fazer uma carta atestando que você é realmente um estudante que está fazendo intercâmbio na Austrália e consequentemente tem direito de trabalhar no país.

Contato Agências Intercâmbio WEST 1Powered by Rock Convert

Dica da WEST 1

Para quem pretende procurar trabalho na área de atuação do Brasil, uma boa idéia é já providenciar uma carta de referência do próprio empregador do Brasil e quando chegar na Austrália providenciar uma tradução juramentada da mesma.

5 – Treinamentos e cursos específicos

A legislação australiana é restrita em determinados assuntos, por isso para atuar em algumas áreas o estudante deve ter algumas qualificações exigidas por lei como é o caso do Responsible Service of Alcoohol (RSA), certificação para quem busca trabalhar com serviços voltados ao público (conhecidos na Austrália como Hospitality), como garçonetes e bartenders, ou o Green Card, certificação voltada para construção civil.

Suporte WEST 1

Em parceria com institutos certificados pelo governo australiano, a WEST 1 também providencia o agendamento de todos esses cursos para o estudante. Além disso, nas nossas próprias agências, temos mensalmente um calendário com muitos eventos, assim como o já citado How to Get a Job, onde passamos muitas dicas e informações para auxiliar o estudante a se preparar para a busca de trabalho em diversas áreas.

6 – Tradução de documentos e diplomas

Muitas vezes não damos a devida atenção, mas a tradução de documentos e diplomas é muito importante na hora da busca por uma colocação se o estudante estiver buscando uma vaga na área de sua atuação profissional do Brasil., uma vez que na grande maioria os entrevistadores são residentes e ter certificados em inglês facilita a compreensão das qualificações dos estudantes.

Suporte WEST 1

A WEST 1, em parceria com tradutores certificados pelo NAATI, órgão responsável pela regulamentação da profissão na Austrália, pode te ajudar com a tradução de qualquer documento.

7 – Australian Business Number

Se você irá prestar um serviço como terceirizado na Austrália, você precisa de um Australian Business Number (ABN), que é um registro empresarial, semelhante ao MEI (Micro Empreendedor Individual) aqui no Brasil. Algumas empresas dão preferência para candidatos que possuem o ABN.

Dica da WEST 1

Vale lembrar que ao solicitar o ABN você está abrindo uma empresa na Austrália, o que implica em algumas responsabilidades fiscais e legais. A WEST 1 recomenda que a solicitação do ABN seja feita com a consultoria de um contador certificado pelo governo australiano para evitar surpresas e qualquer dor de cabeça lá na frente. Um bom contador, além de auxiliar na aplicação e emissão do ABN, vai também instruir você em relação a toda a parte burocrática, fiscal e legal da sua nova empresa.

Agora confira esse video incrível que a WEST 1 TV fez sobre o assunto com 5 dicas para você conseguir um trabalho durante o intercâmbio!

Receba dicas exclusivas para planejar o seu intercâmbio!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Um comentário em “7 coisas que você deve saber antes de arrumar um emprego na Austrália

  1. Boa tarde. Ótimo post, bem esclarecedor. Parabêns!

    Pergunta: Estou indo com o visto de estudante para estudar inglês. Consigo trabalhar mais que 40 horas quinzenais? Existe essa possibilidade?
    Me disseram que uma possibilidade é fazer o ABN e não declarar as horas trabalhadas, apenas o dinheiro recebido.
    Obrigado pela atenção.

Deixe um comentário