Como enviar dinheiro do Brasil para a Austrália ou para a Nova Zelândia (e vice-versa)

8 minutos para ler
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Uma coisa é fato! A Austrália e a Nova Zelândia são excelentes lugares para fazer intercâmbio e estudar inglês. As opiniões são unânimes: a terra dos cangurus e o lar dos Hobbits são destinos muito procurados por intercambistas do mundo todo. Com cidades e escolas para todos os perfis, paisagens deslumbrantes, clima agradável com as quatro estações bem definidas, além de uma atrativa vida noturna e cultural, os dois países têm tudo o que os estudantes precisam, como algumas das melhores instituições de ensino do mundo, excelente qualidade de vida e a oportunidade de poder trabalhar e estudar durante sua estadia num desses países.

Mas mesmo com a possibilidade de trabalho enquanto se estuda, podem acontecer imprevistos financeiros. E aí, o que fazer quando a grana aperta e você precisa do dinheiro que está numa conta em um banco no Brasil? Ou quando você quer enviar dinheiro da sua conta num desses países para o Brasil? Nós listamos abaixo algumas das melhores formas de enviar dinheiro do Brasil para a Austrália ou para a Nova Zelândia e vice-versa:

– TRANSFERÊNCIA PELA INTERNET

Existem diversas formas de envio de dinheiro. Algumas delas permitem a transferência apenas da Austrália ou Nova Zelândia para o Brasil, e em outros casos em ambos os sentidos. Uma das formas mais utilizadas pelos estudantes que querem enviar dinheiro pra casa ou vice-versa, é a transferência pela Internet.

Hoje um dos serviços mais populares de envio de dinheiro para o exterior, usado por mais de quatro milhões de pessoas em todo o mundo, é o TransferWise, uma empresa global de tecnologia que oferece serviços financeiros em 50 países, com 49 moedas.

As transações são feitas de forma simples e rápida através do site ou aplicativo da empresa que permitem aos usuários transferir dinheiro para o exterior da seguinte forma: você paga para a conta bancária da empresa no país onde você está e a empresa paga o seu beneficiário da conta da TransferWise no país dele usando o câmbio comercial. E o melhor, cobrando uma baixa comissão. Para conhecer o site, acesse.

Mas além do TransferWise, usado no mundo todo, tanto a Austrália quanto a Nova Zelândia possuem empresas que oferecem o serviço de transferência bancária entre esses países e o Brasil. Abaixo listamos algumas delas:

Situada na Austrália desde 2007, a Oi Exchange oferece ótimas taxas em transferências da Austrália para o Brasil. Com escritórios em Sydney e Melbourne, a empresa possui um prazo que varia de 3 a 5 dias úteis e as taxas são cobradas de acordo com o valor que precisa ser enviado, variando de AU$10 a AU$15.  A transferência pode ser feita após um breve cadastro no site. Para mais informações, acesse.

Assim como a OI Exchange, a Real Transfer é uma empresa especializada em remessas e pagamento internacionais em mais de 50 destinos. A empresa Irlandesa possui sedes locais no Austrália, Nova Zelândia, Reino Unido e Suíça, e oferece um prazo de 24h a 48h para envio da remessa. É necessário preencher o cadastro no site da empresa que, além dos dados solicita uma cópia certificada das páginas 2 e 3 do passaporte e uma cópia certificada de um comprovante de endereço que devem ser enviadas para a sede de Sydney na Suite 504, Level 5, 83 York Street – Sydney – NSW 2000. Para localizar a unidade mais próxima, acesse.

Outra opção de transferência é através da Western Union, uma empresa que oferece serviços bancários há cerca de 150 anos em mais de 200 países e territórios. A empresa oferece possibilidade de transferência em ambos os destinos (Brasil para Austrália e vice-versa, por exemplo), possibilidade de envio em até 24 horas, e o estudante pode retirar o dinheiro recebido em uma das diversas agências da Western Union no destino, basta apresentar um código gerado pela empresa. Para mais informações sobre os serviços, acesse.

Contato Agências Intercâmbio WEST 1Powered by Rock Convert

– CARTÃO PRÉ-PAGO INTERNACIONAL

Praticamente todos os bancos brasileiros possuem um cartão pré-pago para utilização em viagens internacionais. Uma das opções mais utilizadas pelos estudantes é o Visa Travel Money, cartão internacional pré-pago para viagens. O cartão pode ser utilizado no mundo inteiro e o estudante pode carregá-lo com a moeda estrangeira do país em que está. Além de utilizá-lo em qualquer estabelecimento que aceite cartões da bandeira Visa, o estudante também pode com o cartão realizar saques de dinheiro na moeda local em caixas eletrônicos credenciados.

– TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA

Existem diversos bancos que permitem a transferência e/ou envio de dinheiro internacionalmente. Na Austrália, existem dois serviços amplamente utilizados pelos estudantes internacionais: o Commonwealth Bank e o Western Union. Ambos permitem a transferência tanto do Brasil para a Austrália, quanto da Austrália para o Brasil.

Essa transferência é simples de ser feita. No Commonwealth você precisará das seguintes informações do destinatário: Nome (igual ao passaporte), código SWIFT (informado pelo banco), nome e endereço da agência bancária, código BSB (informado pela agência na Austrália) e o número da conta. O prazo para transferência é de até sete dias e precisa de aprovação de ambas as agências (Brasil e Austrália). Vale ressaltar que essa operação possui taxas que variam de acordo com o valor da transação. Para mais informações acesse.

Já a transferência pela Western Union tem como vantagem o suporte a não-correntistas ou pessoas que precisam de dinheiro com urgência. Além de possuir diversas agências no Brasil, o serviço Western Union possui parcerias com o Banco do Brasil e o Bradesco. Para quem é correntista de um desses bancos é necessário apresentar: nome, telefone, endereço e documentos do destinatário. A transferência gera um número de serviço que o estudante irá utilizar para retirar a quantia em uma das unidades Western Union. Nesse tipo de transferência o limite é de U$10 mil dólares americanos e, além de uma tarifa de envio (que varia de acordo com o valor), é cobrado 0,38% de IOF. O serviço cobra uma taxa de acordo com o valor enviado, e garante a transferência em 24 horas. Você pode encontrar o agente mais próximo a você através do link.

– TAXAS PARA REMESSAS INTERNACIONAIS

Um assunto que gera muitas dúvidas aos estudantes é quanto ao recolhimento de Imposto de Renda para o envio de dinheiro, ou como também é chamado, envio de remessas internacionais. Em março de 2016, a então presidenta Dilma Rousseff, colocou em vigor a Medida Provisória Nº 713, que altera a Lei nº 12.249 de 11 de junho de 2010 que dispunha sobre o Imposto de Renda Retido na Fonte para remessas de valores destinados à cobertura de gastos pessoais no exterior.

A lei institui através do Art. 60 que “Até 31 de dezembro de 2019 fica reduzida a 6% (seis por cento) a alíquota do Imposto de Renda Retido na Fonte incidente sobre os valores pagos, creditados, entregues, empregados ou remetidos para pessoa física ou jurídica residente ou domiciliada no exterior, destinados à cobertura de gastos pessoais, no exterior, de pessoas físicas residentes no País, em viagens de turismo, negócios, serviço, treinamento ou missões oficiais, até o limite global de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) ao mês, nos termos, limites e condições estabelecidos pelo Poder Executivo”.

Mas as remessas destinadas ao exterior para fins educacionais, destinadas ao pagamento de taxas escolares e exames de proficiência não se sujeitam à retenção do Imposto de Renda. Mais informações estão disponíveis no link.

 

Viu como é fácil? Precisa de um suporte financeiro de alguém que está no Brasil ou quer mandar um pouco de dinheiro pra lá? É só buscar uma das diversas opções que listamos acima. Ainda tem dúvidas? Não se preocupe, você pode sempre contar com a WEST 1 para tudo o que precisar antes e durante o seu intercâmbio na Austrália, Nova Zelândia, Irlanda e Canadá.

 

Receba dicas exclusivas para planejar o seu intercâmbio!

Você também pode gostar

6 thoughts on “Como enviar dinheiro do Brasil para a Austrália ou para a Nova Zelândia (e vice-versa)

  1. Olá, Gostaria de saber, se no caso de eu mandar $ 50.000, australianos, para a Austrália, quando chegar na conta do interessado, ele terá que pagar algum imposto, ou se justificar,

  2. Tânia, é um pouco complicado afirmar que não vai ter nenhuma tarifação. Depende de diversos fatores. Todavia a empresa que irá cuidar da transferência pra você poderá te alinhar quanto a tudo isso. Qualquer coisa estamos por aqui 😉

  3. Olá … gostaria de saber qual melhor custo beneficio para enviar dinheiro para estudante na Austrália, e facilitar o recebimento.

Deixe um comentário