Intercâmbio: saiba como enviar dinheiro para o exterior
Guia de Planejamento IntercâmbioPowered by Rock Convert

Enviar dinheiro para o exterior pode parecer algo remoto, em um primeiro momento. Entretanto, não se trata de um procedimento seguido apenas por milionários que desejam manter uma conta bancária em outro mercado: basta estar em intercâmbio para que essa necessidade apareça.

Nesse momento, é comum que também haja muitas dúvidas. Isso sem contar as dificuldades que a família de alguns jovens costumam encontrar quando o assunto é enviar dinheiro, seja por questões burocráticas ou simplesmente não encontrar informações suficientes sobre como fazer a transação.

Para que você não fique “na mão” durante o intercâmbio e sua família não passe maus bocados em busca de esclarecimentos sobre o procedimento, preparamos um post especial, com dicas valiosas sobre o assunto.

Atenção às taxas e ao câmbio

Uma das maiores dificuldades encontradas diz respeito ao cálculo das taxas a serem pagas. Como a transferência, além de país, também se dá de uma moeda à outra, acabamos ficando sujeitos às taxas de câmbio.

Além disso, ainda existe o IOF (Imposto sobre operação fiscal) e a taxa do banco. É importante buscar informações sobre os valores cobrados para cada um desses encargos. Caso contrário, você pode acabar perdendo uma parte maior do dinheiro que o esperado.

Utilize a Transferwise

Uma forma de evitar todos esses pagamentos, é utilizando a Transferwise, uma empresa especializada no envio de remessas para o exterior. Trata-se de uma ferramenta que permite transferir valores por taxas menores.

Os encargos consistem apenas na taxa de câmbio e mais um valor, que certamente fica bem abaixo do cobrado pelos bancos. O único aspecto negativo dessa modalidade é que não é possível calcular o câmbio de antemão, ou seja, você não terá a certeza do valor exato que vai chegar ao outro lado.

Conheça a XEMT

O modelo de trabalho da XEMT é bem parecido com a Transferwise, com a diferença que você pode pesquisar as taxas de câmbio antes de iniciar a transação. Baseada em dados históricos, a ferramenta permite avaliar se determinada moeda está se valorizando ou desvalorizando e qual a evolução das taxas nos últimos tempos, e em períodos similares.

Assim, fica mais fácil estimar quanto será pago e você não faz a operação totalmente “no escuro”. Entretanto, não é possível enviar direto do Brasil pela ferramenta.

Conte com o PayPal

Você já utilizou o PayPal para pagamentos e recebimentos de mercadorias ou serviços? Pois bem: entenda que ele também pode ser usado para envio de dinheiro ao exterior, por menores taxas.

Trata-se de uma forma prática de enviar dinheiro a qualquer lugar do mundo, já que para isso basta que o destinatário também tenha uma conta no PayPal (que só precisa de um e-mail e um CPF para ser aberta). Entretanto, para realizar saques, será necessário ter uma conta bancária no país de destino.

Viu só como enviar dinheiro para o exterior está longe de ser uma missão impossível? Basta pesquisar as ferramentas que oferecem os melhores custo-benefício e iniciar o processo.

Se este post foi útil para você, não deixe de ler também este com o que você precisa saber antes de viajar sozinho!

 

Receba conteúdo em primeira mão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This