Wellington: conheça a segunda cidade mais popular da Nova Zelândia!

3 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Conhecer Wellington parece incomum para a maioria dos intercambistas, porém as características dessa cidade têm atraído cada vez mais os adeptos de lugares interessantes e modernos.

Isso porque a capital da Nova Zelândia, carinhosamente conhecida por Welley, traz atrações que valem muito pelo passeio ou pelo prolongamento da estadia, além do treino intensivo da língua inglesa.

Por isso, muitos indivíduos estão optando por destinos diferentes, mas que oferecem conforto e rotina comparáveis aos lugares mais procurados, porém com um diferencial na melhor adaptação dos intercambistas.

Quer conhecer mais sobre a cidade de Wellington? Então, leia o nosso post e comece a preparar sua viagem!

Quais são as principais características de Wellington?

Welley foi nomeada capital da Nova Zelândia em 1865, no governo William Hobson, e desde então vem crescendo de forma lenta e gradativa, atingindo aproximadamente 400 mil habitantes.

Diferente de grandes cidades como Sidney, Wellington foi durante muito tempo um local de “descanso” entre os pontos turísticos. Contudo, o desenvolvimento urbano e a possibilidade de estudar na Nova Zelândia, além da cultura e gastronomia local, despertaram o interesse dos viajantes.

Atualmente, Wellington tem uma vida cultural interessante por manter tradições e costumes de cidade interiorana, propiciando mais interação dos intercambistas com os habitantes da região.

Quais atrações existem em Wellington?

Para os amantes da culinária local, é interessante conhecer os mercados Municipal, o Franklin Kitss e o Harbourside. Nesses lugares é possível encontrar artesanato e comidas típicas de diferentes origens, como cafés diversos, vegetais, frutas, sanduíches e outras refeições completas.

Contato Agências Intercâmbio WEST 1Powered by Rock Convert

No quesito cultura, destaca-se o museu Te Papa que mostra artigos da história da Nova Zelândia bem como informações sobre os desequilíbrios climáticos que assolam a região, isto é, os ventos fortes e os terremotos.

Nele, também há obras sobre animais invertebrados, aracnídeos, mamíferos marítimos, coleções de cultura Maori, dentre outras atrações. Trata-se de um passeio imperdível pela diversidade de objetos em exposição.

Para os amantes do cinema, é imprescindível uma visita ao Eta Cave, que simula um set de filmagens e onde é possível ver esculturas de personagens de filme consagrados, tais como Senhor dos Anéis, King Kong e Distrito 9.

Para aqueles que são adeptos de contemplar a natureza, a visita ao Jardim Botânico da cidade costuma impressionar pela diversidade da flora e fauna locais.  E se quiser explorar as estrelas no céu, o intercambista pode passear pelo Observatório Carter, que fica próximo ao Jardim Botânico.

Com que se preocupar ao viajar para Wellington?

A capital da Nova Zelândia está situada entre placas tectônicas, o que favorece a ocorrência de terremotos. Dessa maneira, é importante verificar os períodos de maior frequência e estar constantemente em treinamento.

O clima da cidade não é um problema significativo, visto apresentar temperaturas amenas durante o ano todo. Mas, caso o indivíduo venha de lugares com extremos de temperatura, pode desenvolver doenças devido à instabilidade fisiológica.

Wellington é uma cidade interessante da Nova Zelândia, que tem atraído intercambistas que desejam sair das viagens tradicionais. Isso porque ela possui uma boa infraestrutura, passeios turísticos interessantes e comidas típicas agradáveis.

E você, o que está esperando para conhecer Wellington? Conhece alguém que gostaria dessas informações? Então, compartilhe este texto nas suas redes sociais!

 

Receba dicas exclusivas para planejar o seu intercâmbio!

Você também pode gostar

Deixe um comentário