Intercâmbio no Canadá: 9 motivos para estudar em Vancouver

O Canadá tem feito sucesso como destino de intercâmbio dos estudantes brasileiros. Isso porque o processo de solicitação de visto para o país é simples, o dólar canadense é mais barato do que o euro e o dólar americano, entre diversos outros motivos. O país tem várias cidades maravilhosas, e estudar em Vancouver fica entre as escolhas preferidas dos intercambistas.

Mas por que Vancouver? O que será que a cidade da costa oeste canadense tem de tão especial? Além da alta qualidade no ensino, listamos mais 9 motivos pelos quais estudar lá é uma excelente escolha. Confira!

1. Oportunidades de emprego para estrangeiros

O Canadá é um país com baixa densidade populacional — são poucos habitantes para um espaço muito grande. Vale lembrar que ele é o segundo maior país do mundo. Esse é um dos motivos pelos quais o país é muito receptivo à mão de obra estrangeira e, em Vancouver, isso não é diferente.

Além disso, a legislação canadense permite aos estudantes de graduação matriculados em um curso full-time trabalharem legalmente por até 20 horas semanais. Após a conclusão do período de estudos, ainda é possível solicitar uma extensão do visto para continuar trabalhando por um período predeterminado.

2. Diversidade cultural

Vancouver é geograficamente classificada como uma cidade global, ou seja, um lugar de grande importância na movimentação da economia mundial. Além disso, é conhecida como uma das cidades mais multicultural do mundo.

Downtown Vancouver, o centro da cidade, é repleto de restaurantes com comidas de diferentes partes do mundo. A cidade também é cheia de galerias, parques e outras atrações culturais diversas.

3. Clima ameno

Ottawa, capital do Canadá, está entre as cidades mais frias do mundo. Com grandes áreas despovoadas, cobertas por florestas (e gelo), o frio canadense é famoso entre os brasileiros. Quem pensa em estudar em Vancouver, no entanto, pode ficar tranquilo: a cidade tem o clima mais ameno do país.

Além de ficar no litoral, Vancouver fica bem ao sul, já perto da fronteira com os Estados Unidos. Nos dias mais frios do inverno, a temperatura costuma variar entre 2° e 7° graus Celsius, bem diferente de Ottawa, que pode chegar a -14°. Já no verão, a temperatura gira em torno dos 20°.

4. Contato constante com a natureza

Vancouver é uma das cidades mais verdes do mundo, com vários pontos turísticos. Repleta de árvores, praias e parques, a cidade é uma imersão na natureza. Com as estações do ano bem definidas no calendário, observar a mudança na aparência das árvores dentro da cidade é uma atividade à parte.

Duas das atrações naturais mais famosas do Canadá também estão em Vancouver: a Capilano Suspension Bridge, uma espécie de ponte enorme com uma vista inacreditável, e o Stanley Park, uma reserva natural enorme bem no meio da cidade.

5. Qualidade de vida

De acordo com o ranking Economist Intelligence Unit 2018, Vancouver é a sexta melhor cidade no mundo para se viver. A pesquisa considera quesitos, como saúde, cultura, educação, segurança e infraestrutura.

A cidade é conhecida pelo alto nível de segurança e tranquilidade, apesar da presença constante de turistas. Esse é um dos fatores que mais atrai a atenção de estudantes brasileiros, afinal, nada melhor do que poder andar sem medo por qualquer lugar.

6. Sotaque canadense

Apesar de ter uma quantidade enorme de nativos de outros idiomas, oficialmente o Canadá é um país bilíngue, dividido entre o inglês e o francês. Em Vancouver, o idioma falado pela grande maioria da população é o inglês.

Apesar de ser bem parecido com o americano, o sotaque canadense é conhecido por ter pronúncia mais clara e por ser livre de gírias, o que facilita tanto o aprendizado quanto a compreensão.

7. Hospitalidade

Outro aspecto dos canadenses já mundialmente conhecido é a hospitalidade. Muito receptivos a pessoas de outras nacionalidades, os canadenses são tolerantes e acostumados a respeitar diferenças. Em Vancouver, uma cidade extremamente multicultural, essas características se acentuam ainda mais.

8. Variedade gastronômica

Quem mora em Vancouver não precisa comer só comida canadense. Por ser uma cidade turística e com muitos imigrantes, é possível encontrar comidas típicas de quase qualquer lugar do mundo. Não que a comida local também não seja uma excelente opção — os frutos do mar da cidade canadense também são famosos.

9. Excelente custo-benefício

Como se já não bastassem todas as qualidades listadas acima, estudar em Vancouver não é caro. Isso mesmo! Como já dissemos, o dólar canadense é mais barato do que o euro e o dólar americano — só isso já faz o gasto diminuir um pouco. O custo de vida na cidade é muito baixo se comparado a lugares, como Londres, São Francisco e Nova York.

Além disso, para quem pretende entrar em uma universidade, o ensino superior no Canadá é público. Ele não é totalmente gratuito, é preciso pagar uma taxa anual fixa, um pouco mais cara para os estrangeiros. Ainda assim, cursar uma universidade no Canadá é muito (muito mesmo) mais barato do que nos Estados Unidos.

Fazer um intercâmbio é uma experiência única e engrandecedora. Ter contato com uma cultura diferente e conviver diariamente com outro idioma trazem grandes aprendizados, não só para o currículo escolar ou profissional, mas para a vida.

Em uma cidade intensa, multicultural e acolhedora, como Vancouver, qualquer experiência pode se tornar ainda melhor. Afinal, viver em um lugar como esse, ainda que por um período curto, significa estar em contato não apenas com o Canadá, mas com diversas outras partes do mundo.

A qualidade do ensino canadense figura sempre entre as melhores do mundo, e o investimento em tecnologia, infraestrutura e inovação na área é uma preocupação primordial do país. Seja para aprender inglês, fazer um intercâmbio universitário, cursar uma graduação completa, fazer estágio ou mesmo trabalhar, as possibilidades são excelentes.

Esses são os 9 principais motivos para estudar em Vancouver, uma cidade local e mundialmente importante e que tem muito a oferecer, além do aprendizado acadêmico.

Gostou das dicas? Então, que tal receber conteúdo como esse sempre em primeira mão? Basta assinar a nossa newsletter!

 

Receba conteúdo em primeira mão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This