Você conhece a história do Canadá? Conheça agora e se surpreenda!

O Canadá é um país repleto de belezas naturais, com paisagens de tirar o fôlego. Também é conhecido como um dos locais mais multiculturais do mundo, com ótima receptividade para imigrantes e um enorme respeito a culturas diferentes. Mas, como será que a história do Canadá contribui para isso?

Ele foi colonizado mais ou menos na mesma época que o Brasil e tem uma história longa e repleta de curiosidades. Quer saber mais? Continue a leitura e se inspire para fazer um intercâmbio no segundo maior país do mundo!

Primeiros povos

Os primeiros habitantes chegaram no que hoje é o território canadense há milhares de anos, vindos da Ásia.

Atualmente, os nativos canadenses são classificados em três grupos: os “first nations”, que seriam os indígenas; os inuits, povo de origem desconhecida que ocupou as regiões mais frias do país; e os métis, uma etnia mista que descende de indígenas e europeus.

Newfoundland e os europeus

Alguma ideia de quem foram os primeiros europeus a chegarem no Canadá? Uma dica: nem franceses, nem ingleses. Foram os vikings, vindos dos países nórdicos. Eles chegaram na região que foi batizada de Newfoundland, ou Terra Nova.

A invasão viking aconteceu há mais de mil anos e durou pouco tempo, mas até hoje existem ruínas de seus assentamentos que foram encontradas em Terra Nova e nas Ilhas Baffin.

França X Inglaterra

Em um passado mais recente, na época das grandes navegações, quem chegou primeiro em território canadense foi o italiano Giovanni Caboto. Italiano, sim, mas a serviço da Inglaterra, onde era conhecido como John Cabot. O navegador chegou na Baía de Hudson em 1497.

A França chegou alguns anos depois, em 1534, representada por Jacques Cartier, que atracou na região dos Grandes Lagos. Entretanto, foram os franceses que começaram de fato a colonização, ocupando as terras e fazendo alianças com os nativos a partir de 1604, na região de Acadia, que hoje é a Nova Escócia.

Aliás, foi o explorador francês que ouviu os nativos pronunciando a palavra Kanata, que significa vila, e que deu origem ao nome do país.

A disputa de ingleses e franceses pelo território canadense, instigada por outros conflitos que já existiam entre os países, culminou em uma guerra que durou de 1755 a 1759, e foi vencida pela Inglaterra.

Milhares de descendentes de franceses foram deportados até 1763, e só em 1774 eles receberam autorização para falar francês e preservar seus hábitos culturais.

Canadá X Estados Unidos

Pouco se fala sobre isso, mas o Canadá e os Estados Unidos já estiveram em guerra! Os americanos tentaram invadir o território canadense em 1812, e pela primeira vez as populações francesa e inglesa se uniram aos aborígenes para combater um inimigo maior.

Durante a guerra, os E.U.A atacaram vários prédios de governo em York, que hoje é Toronto. Em retaliação, os canadenses colocaram fogo na Casa Branca!

Dominion of Canada

No dia 1º de julho de 1867, o Canadá se tornou um país independente e promulgou a constituição, criando o “Dominion of Canada”. Entretanto, muitas províncias demoraram décadas para se juntarem à nação.

A província de Newfoundland, apesar de ser muito antiga, só se tornou oficialmente parte do país em 1949. Já o território de Nunavut, último agregado, se uniu ao Canadá em 1999.

Multiculturalismo

Como já dissemos, o multiculturalismo sempre foi algo presente na história do Canadá, e que é muito valorizado hoje em dia. No ano de 1969 o inglês e o francês foram reconhecidos como línguas oficiais do país, que preserva a cultura dos dois países.

Já em 1988 foi criado o Ato do Multiculturalismo (Act for the Preservation and Enhancement of Multiculturalism in Canada), uma lei que tem por objetivo preservar a cultura e o modo de vida de todas as comunidades étnicas do país.

E aí, gostou de conhecer a história do Canadá? Como você pode ver, ela contribui muito para enriquecer ainda mais a experiência de visitar o país.

Agora, que tal saber um pouco mais sobre as vantagens de estudar e trabalhar no Canadá?

 

Receba conteúdo em primeira mão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This