Como fazer faculdade no Canadá? 3 passos essenciais para estudar fora!

Como fazer faculdade no Canadá
3 minutos para ler
Intercâmbio para o Canadá: Guia prático sobre como se preparar para essa viagemPowered by Rock Convert

Para quem deseja entender como fazer faculdade no Canadá, o primeiro passo é conhecer sobre as vantagens de estar nesse país. Além da alta qualidade de vida, o intercambista canadense ainda tem a possibilidade de contato com uma população que aceita bem os imigrantes e ainda pode exercer o aprendizado em duas línguas diferentes: o inglês e o francês.

Os preços são atrativos e também há uma maior facilidade para os vistos, se comparado com os EUA, por exemplo. Apesar de as universidades no Canadá contarem com particularidades, há alguns pontos em comum para todas elas. Pensando nisso, elaboramos este conteúdo para que você saiba quais os pontos de atenção. Boa leitura!

1. Proficiência em inglês

Para quem deseja fazer um curso superior em outro país, e não apenas se aprofundar no idioma de seu destino, é preciso comprovar qual é o grau de entendimento que você tem da língua daquele local. Para isso, existe a necessidade de fazer um exame, como o do TOEFL, que tem como referência o inglês dos EUA, o IELTS, baseado no inglês britânico e o TEF, que mede o entendimento em francês.

Aqui, assim como em qualquer outra etapa do processo, é preciso planejar com antecedência, uma vez que pode demorar um pouco para que tenha o certificado em mãos. A partir do momento que já souber qual curso fará e em qual país, já providencie esses exames para que o seu tempo não seja prejudicado.

2. Histórico escolar

Para quem está acostumado com os processos de aprovação das faculdades do Brasil, certamente precisa pesquisar sobre as etapas existentes no Canadá. Ao contrário daqui, que conta com uma prova única (vestibular ou ENEM, de acordo com a universidade escolhida), no Canadá ocorre uma avaliação feita pelo histórico acadêmico de seus quatro últimos anos da escola.

Contato Agências Intercâmbio WEST 1Powered by Rock Convert

Dessa forma, é preciso que você tenha um foco desde a época de seu ensino médio para que as chances de obter sucesso aumentem consideravelmente. Imagine só a seguinte situação: o seu curso é relacionado com engenharia, em que a matemática exerce uma forte influência para o desenvolvimento das habilidades. Caso a sua nota seja boa nessa matéria, certamente será um diferencial para que seja aprovado no processo.

3. Carta de recomendação

A carta de recomendação é para quem deseja conquistar uma bolsa em universidade no Canadá. Ela tem como principal objetivo explicar, a partir do ponto de vista de uma outra pessoa, quais são as suas principais habilidades e desenvolvimento como aluno, para que a instituição pretendida possa entender de que maneira aquela bolsa será eficaz para o seu sucesso.

Esclareça os principais pontos de sua trajetória como aluno e não deixe de acrescentar nessa carta as informações mais importantes:

  • nome e posição do recomendante;
  • telefone;
  • e-mail;
  • relação que essa pessoa teve com você;
  • assinatura.

E então, o que achou de nossas informações sobre como fazer faculdade no Canadá? Conforme abordado, a principal atenção é em relação ao planejamento. Não deixe de lado as etapas de escolha de curso e nem mesmo o enfoque pretendido (college ou university), pois serão cruciais para o seu sucesso enquanto aluno naquele país.

Se ainda tem dúvidas quanto ao enfoque, continue em nosso blog e confira as outras dicas abordadas. Boa leitura!

    Receba dicas exclusivas para planejar o seu intercâmbio!

    Você também pode gostar

    Deixe um comentário