Um dia de intercambista: conheça a rotina dessa aventura

6 minutos para ler
Powered by Rock Convert

“Sinto que sou outra pessoa. Em 3 anos amadureci 10 e desenvolvi habilidades que não imaginava que seria capaz.” Para Ana Venancio, atualmente educadora infantil na cidade de Adelaide, na Austrália, os conhecimentos adquiridos durante um intercâmbio representam autoconhecimento, além de muito crescimento pessoal e profissional.

Por isso, a jovem conta tudo que tem aprendido nesse período para que todos possam vivenciar um dia de intercambista, se inspirar e planejar experiências incríveis como a dela.

A decisão de realizar um intercâmbio é, geralmente, impulsionada por muitos objetivos e, no caso de Ana, não foi diferente. Para quem deseja mergulhar em uma aventura como a dela, é importante conhecer a rotina e a vida de um intercambista.

Quer saber sobre tudo isso? Então, continue lendo este post e acompanhe mais um case de sucesso da WEST 1!

Quais são as principais motivações para o intercâmbio?

Para qualquer coisa que desejamos realizar na vida, somos sempre movidos por algo maior. Ana sempre desejou fazer intercâmbio e até já havia vivenciado uma pequena experiência de 1 mês no Canadá.

Com uma grande admiração por aprender novos idiomas e a vontade de conquistar melhores cargos de trabalho no Brasil, percebeu que precisava de mais tempo para melhorar sua fluência e resolveu encarar o desafio.

No entanto, seus anseios eram grandes, especialmente no início do intercâmbio. Tudo era novidade para ela e aquilo a assustava muito. Mas saiba que essa ansiedade é normal e todos que decidem viver essa experiência acabam lidando com ela.

Seus principais medos eram relacionados ao comprometimento da sua independência. Por exemplo, a dificuldade de se comunicar, ficar sem dinheiro, não conseguir trabalho, não ter o que comer e, principalmente, depender da família, pois um dos seus principais motivos para estar ali era descoberta de si mesma.

Um dos seus maiores objetivos em fazer um intercâmbio era ter independência e comprovar sua capacidade de lidar com as adversidades e viver aquela experiência incrível. No entanto, afirma que todos esses desafios passaram conforme sua adaptação e que, apesar de tudo ainda ser novo, a cada dia recebe novos ensinamentos e aprende algo diferente.

Como é a rotina de um intercambista?

Depois de toda superação dos seus principais anseios, Ana revela que sua rotina se resume a trabalho e estudo. Após finalizar seu curso, conseguiu emprego em sua área de atuação — a educação — e ainda cumpre suas obrigações escolares para realizar um estágio.

Além disso, sobra tempo também para o lazer. Resumindo, diz que segue uma vida normal, com outras atividades como: academia, idas à praia para aproveitar o verão, happy hour com os amigos, etc.

Atualmente, trabalha em dois lugares part time, ou seja, meio período. Um deles é no Child Care Center e outro como Cleaner, à noite. Como você viu, estar em país diferente do seu pode ser algo grandioso na vida de qualquer pessoa, desde que ela saiba aproveitar todas as oportunidades e os aprendizados.

Como é a interação com as pessoas de outro país?

O fato de estar em outro país, longe de todos os amigos e família pode ser um tanto assustador. Por esse receio a Ana também passou. No início, o maior contato que ela teve foi com outros estudantes internacionais. Mas, por morar com uma pessoa nativa, teve uma grande ajuda para melhorar sua fluência na língua.

Ainda assim, conforme acontece o processo de adaptação, é normal adquirir mais confiança na língua e se sentir mais confortável para conversar em outros ambientes. Dessa forma, encarar a experiência é um grande passo para o crescimento pessoal e profissional.

Contato Agências Intercâmbio WEST 1Powered by Rock Convert

Outro aspecto importante é o convívio com outros intercambistas. É sempre melhor contar com pessoas que estão vivenciando a mesma experiência que você. Assim, o enriquecimento cultural é grandioso, pois há a oportunidade de conviver com inúmeras pessoas de toda parte do mundo.

Além disso, a viajante confessa que os intercambistas se entendem muito bem, pois normalmente apresentam objetivos semelhantes. Então, é natural que eles se ajudem na fluência da língua e no dia a dia. Dessa forma, você nunca estará sozinho e sempre contará com alguém para receber ajuda.

Qual a sua maior experiência no intercâmbio?

A partir do momento em que Ana reconheceu as mudanças significativas em sua vida, percebeu o quanto valeu a pena investir naquele sonho, bem como o privilégio de autoconhecer-se.

Muito além de fazer o intercâmbio, vivê-lo é seu maior ganho. “O fato de dar importância a pequenas coisas, a respeitar e aceitar o próximo, a lutar pelos seus objetivos, isso realmente é viver um intercâmbio”, diz. Para ela, todos esses ganhos são impagáveis e percebê-los em si, torna os benefícios ainda mais visíveis.

Entre os momentos mais marcantes do intercâmbio, destaca a capacidade de compreender músicas, como as de Michael Jackson. O aprendizado representou a sua adaptação à nova língua, além de um momento de superação, já que no início não conseguia se comunicar muito bem.

A viajante ainda ressaltou algo grandioso e que serve de grande ensinamento a todos que desejam vivenciar o intercâmbio: a oportunidade de aprender coisas novas, pois com o inglês o mundo se tornou pequeno para ela.

Por que contar com o apoio de uma agência para intercâmbio?

A experiência da Ana foi incrível. Teve muito aprendizado, crescimento, muitas oportunidades e ainda há muita coisa por vir e conquistar. No entanto, ela não passou por tudo sozinha. A WEST 1 sempre esteve ao lado dela, disponível em vários lugares — o que tornou muito mais fácil realizar o intercâmbio.

Para Ana, o fato de proporcionar um atendimento amigável e ter filiais nas principais cidades da Austrália é muito importante, sendo o principal diferencial da WEST 1. Por trabalhar dessa forma, o intercambista pode contar com a parceria da agência para lidar com todas as dificuldades que surgem. A empresa proporciona voos muitos mais altos para quem deseja não somente sonhar, mas concretizar todos os seus sonhos de viagem e intercâmbio.

Como você viu “um dia de intercambista” pode ser resumido em uma experiência em que os desafios existem, mas experiência, aprendizados e oportunidades são fantásticos. Para tornar tudo melhor, contar com o apoio de uma agência pode deixar o processo mais tranquilo, permitindo que você vivencie a viagem intensamente, sem preocupações.

E aí, gostou do post? Então você não pode deixar de assistir esse video que a WEST 1 TV fez com a Ana:

 

Ficou com vontade de vivenciar essa incrível experiência? Então, entre em contato conosco que teremos o prazer de concretizar esse desejo!

 

Receba dicas exclusivas para planejar o seu intercâmbio!

Você também pode gostar

Deixe um comentário