Anos Letivos: As diferenças na educação básica no Brasil e na Austrália

4 minutos para ler
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Com algumas das melhores instituições de ensino do mundo, muitos estudantes buscam na terra dos cangurus a oportunidade de fazer um intercâmbio, um curso superior ou experimentar um pouco da cultura e do delicioso modo de vida australiano. Com uma qualidade de ensino impecável e várias universidades entre as melhores do mundo, fica claro o motivo da escolha.

Entretanto, na hora de serem admitidos em uma faculdade, as diferenças na grade curricular da educação básica do Brasil e da Austrália, exigem do estudante atenção em relação ao número de anos letivos cursados no Brasil.

ENSINO FUNDAMENTAL NA AUSTRÁLIA

O ensino fundamental é similar por todo território australiano, contudo alguns estados possuem algumas particularidades. Obrigatória dos 6 até aproximadamente 17 anos de idade, a educação básica tem duração de cerca de 12 anos e é dividida da seguinte forma:

Primary School – Tem a duração de sete a oito anos. Do Jardim de Infância (Preparatório) ao 6º ou 7º ano (Dependendo da região).

Secundary School – Tem a duração de três a quatro anos. Do 7º ou 8º ano até o 10º ano (Dependendo da região).

Sênior Secundary School – Dura em cerca de dois anos, o 11º e 12º ano.

ENSINO FUNDAMENTAL NO BRASIL

No Brasil, entretanto, o 9º ano foi inserido apenas em 2006, através de um projeto de lei que introduziu a pré-escola, que era parte da Educação Infantil, no Ensino Fundamental, passando a considerá-lo como o primeiro ano. Desta forma, a educação básica passou a funcionar da seguinte forma:

Ensino Fundamental

– 1º Ciclo – Formado por cinco anos iniciais de estudo direcionados para alunos de 6 a 10 anos de idade.

– 2º Ciclo – Formado por quatro anos de estudos direcionados aos alunos de 11 a 14 anos de idade.

Ensino Médio

Contato Agências Intercâmbio WEST 1Powered by Rock Convert

Formado por três anos para alunos de 15 a 17 anos.

MAS O QUE ISSO MUDA PARA OS ESTUDANTES?

A divergência no sistema de educação tradicional brasileiro até 2006 pode alterar um pouco os planos dos estudantes, pois o setor de admissão das universidades exige que estes tenham concluído os 12 anos de ensino básico como um dos principais pré-requisitos para entrada.

Desta forma, se você terminou o ensino médio antes de 2006 e pretende ingressar em uma universidade australiana, você precisa ter cumprido um dos requisitos abaixo:

– Ter concluído pelo menos o primeiro ano do ensino superior;

– Ter cursado no mínimo um ano de curso técnico, no Brasil ou na Austrália

– Cursar o “Foundation Studies Program”, um programa que oferece aos estudantes internacionais a oportunidade de preparar-se através de um ano pré-universitário.

FOUNDATION STUDIES PROGRAM

O Foundation Studies Program é recomendado para estudantes internacionais que terminaram o ensino médio, porém com a equivalência do 11º ano ao invés do 12º, e planejam iniciar os estudos na Austrália. O programa prepara os estudantes desenvolvendo as habilidades necessárias para a admissão nas universidades Australianas.

Segundo Rodrigo Guimarães – International Recruit Manager da Victoria University, “outra saída praticada pelas instituições é oferecer um curso de “Pathways” (Caminhos Futuros), aliado a um curso técnico (Certificado IV + Diploma) para compensar o 1º ano de gap de equivalência com o Ensino Médio. Acaba sendo de grande vantagem, pois os estudantes garantem créditos para continuar com o Bacharelado”.

 

Com força de vontade e determinação ingressar em uma graduação na Austrália é possível. Além disso participar do Foundation Studies Program ou cursar o primeiro ano do curso técnico vai ajudar você a se preparar para tirar um melhor proveito da vida acadêmica na Austrália.

A WEST 1 representa inúmeras instituições educacionais que oferecem todas essas opções para você realizar o sonho de estudar na Austrália! Conte sempre a gente.

 

Receba dicas exclusivas para planejar o seu intercâmbio!

Você também pode gostar

Um comentário em “Anos Letivos: As diferenças na educação básica no Brasil e na Austrália

  1. Boa noite,
    Li seu artigo e achei bastante interessante. Existe uma possibilidade de transferência a trabalho para início de 2019 em Perth-WA. Tenho dum casal de filhos e tenho uma dúvida para cada um com relação a educação. Será que você consegue me ajudar?
    1. Meu filho tem 17 anos e termina o terceiro ano do Ensino Médio no final deste ano de 2018. Em 2019, ele já pode entrar direto em alguma Faculdade na Australia? Caso sim, quais os pré-requisitos? Caso não, que passos devemos tomar?
    2. Minha filha tem 10 anos (faz aniversário em Jan) e está cursando o 5o ano (antiga 4a serie). Ano que vem ela estudará em Primary ou Secondary School? Quais os requisitos de adminissão?
    Muito obrigado

Deixe um comentário