Vale a pena aprender inglês na Irlanda? Saiba tudo neste post!

Inglês na Irlanda
6 minutos para ler
Tudo o que você precisa saber sobre intercâmbio para IrlandaPowered by Rock Convert

Muitos brasileiros que sonham em viver no exterior certamente já pensaram, pelo menos em algum momento, em aprender inglês na Irlanda. Escolher o país onde se vai permanecer por alguns meses nem sempre é tarefa simples: é importante levar em conta o perfil do estudante e as variações existentes do inglês. Da Inglaterra para os Estados Unidos, por exemplo, há sotaques e palavras que diferem, mais ou menos o que acontece entre o nosso português e o de Portugal.

Além do inglês americano e do britânico, temos ainda o inglês australiano (que seria uma espécie de meio-termo entre ambos), o irlandês (cheio de características e expressões bem peculiares) e uma série de outras variações do idioma. Entretanto, vale lembrar que, uma vez que você aprende a língua, estará apto a se comunicar em qualquer país onde ele seja o (ou um dos) idioma oficial.

Se você está pensando em embarcar para a Irlanda e deseja encontrar um bom motivo para isso, continue lendo. Listamos abaixo as 4 principais vantagens de estudar inglês no país. Vamos lá?

Melhorar a fluência no idioma

Estudar inglês no Brasil é superimportante. Porém, há uma grande desvantagem em relação aos cursos no exterior: o tempo que você passa em contato com o idioma. Saindo da escola brasileira, você automaticamente precisa voltar a falar português. Na Irlanda, isso não acontece.

Você vai continuar praticando o seu inglês na rua, no supermercado, na loja de conveniência e até nos momentos de descontração entre amigos. Além disso, o país recebe estudantes de várias partes do mundo, o que significa que você terá acesso a diferentes sotaques e ritmos.

Estar na Irlanda não significa que você conversará somente com nativos. Por se tratar de um país que oferece facilidade nos vistos e oportunidades de trabalho, estudantes do mundo todo são atraídos para lá. Ouvir pessoas de diferentes partes do mundo falarem inglês permite que o estudante pratique a habilidade de compreensão auditiva, o que significa que ele terá menor dificuldade em se adaptar aos diferentes sotaques.

Ainda falando em sotaque, uma particularidade do inglês irlandês diz respeito à pronúncia do “th”. Em algumas palavras, como “thirty” e “three”, ele assume um som de “t”, enquanto em “this” and “that”, ele soa como “d”. Dependendo da origem da escola brasileira na qual você estudou antes de viajar, pode ser que essas diferenças causem alguns estranhamentos, que logo serão superados.

Ter acesso a professores nativos

Nas escolas irlandesas, o aluno conviverá com professores irlandeses. Isso significa que, além de ouvir o sotaque irlandês em sua forma mais genuína, ele ainda terá acesso a algumas expressões idiomáticas bem próprias do país. Assim, além de conhecer mais a fundo o idioma falado no país, o estudante ainda se torna mais flexível a conviver com as variações existentes dentro de uma língua específica.

Irlandeses costumam substituir um “see you later” por “after”. A função desse “after” é exatamente a mesma: “até logo”. Também não estranhe se você estiver caminhando pela rua e precisar perguntar que horas são. Se isso acontecer em um horário exato (8 em ponto, por exemplo), você será surpreendido por um “8 bells”, que nada mais é que uma outra maneira de dizer “8 o’clock”.

Contato Agências Intercâmbio WEST 1Powered by Rock Convert

Na língua falada, eles ainda têm uma maneira peculiar de se referir a algumas situações no passado. “I’m after winning the game”, por exemplo, é uma forma de dizer “I won the game” (Eu ganhei o jogo). Ter um professor irlandês significa que você ouvirá diariamente essas expressões de maneira natural e concisa. Quando perceber, utilizará todas de maneira correta e fluentemente.

Fazer um intercâmbio cultural

Não é somente ao sotaque, expressões idiomáticas e vocabulário que você terá acesso ao estudar na Irlanda: toda a cultura do país estará ao seu alcance. Dependendo da época em que viajar, você terá a oportunidade de comemorar o St.Patrick’s day (dia de São Patrício, padroeiro da Irlanda) diretamente na fonte. As cervejas típicas do país poderão ser experimentadas nos tradicionais pubs, que agitam a noite desde a capital até as pequenas cidades.

No país, não há shoppings abertos até as 22h, como estamos acostumados. Todo o comércio fecha às 17h e, em algumas capitais, há um dia da semana em que esse horário se estende até as 20h. Se você curte U2, certamente se apaixonará pela música irlandesa quando conhecer outros artistas de lá. Por fim, os irlandeses costumam ser mais hospitaleiros que outros povos europeus.

Como se não bastasse, além de conhecer todos esses elementos culturais irlandeses, você ainda vai conviver com estudantes de outras partes do mundo, o que significa ainda mais riqueza e diversidade cultural. Certamente, você voltará para o Brasil com uma mente mais aberta ao novo, isso se não decidir batalhar para permanecer por lá mesmo.

Estar próximo a outros países de língua inglesa

Se levarmos em conta que intercâmbio também serve para conhecer outros países, a Irlanda tem uma localização privilegiada. E o melhor: os países próximos também falam a língua inglesa. Isso significa que você poderá programar uma viagem de fim de semana apenas destinada ao turismo, sem precisar deixar de praticar o inglês durante o passeio.

Não há nada de errado em reservar alguns momentos do intercâmbio apenas à diversão. Afinal, já que você está vivendo uma experiência nova, passear também fará parte do aprendizado e da bagagem cultural. Por outro lado, aproveitar o foco em praticar o inglês é fundamental. Quando é possível unir essas duas questões, tudo fica ainda melhor.

Como se pode ver, aprender inglês na irlanda é uma grande oportunidade de ampliar seus conhecimentos culturais. Entretanto, todo intercâmbio necessita de um bom planejamento. Não basta decidir o país: você precisa programar cada passo com antecedência para que nenhuma oportunidade seja perdida.

Para isso, é importante contar com ajuda especializada. Uma agência de intercâmbios poderá ajudá-lo a planejar cada passo para que você viva essa experiência, com segurança, em todas as suas nuances.

Se você já tem isso em mente e está buscando essa ajuda, entre em contato conosco e converse com um de nossos consultores.

Receba dicas exclusivas para planejar o seu intercâmbio!

Você também pode gostar

Deixe um comentário