Vai para a Irlanda? Veja o que considerar ao comprar a sua passagem!

comprar passagem aérea para Irlanda
8 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Está pensando em fazer um intercâmbio para a Irlanda? Escolher esse país lindo e tranquilo como destino parece uma ótima ideia. No entanto, a passagem para Irlanda pode gerar um alto custo. Mas quem disse que você precisa sacrificar o sonho de morar no país por causa do preço da passagem aérea?

Neste texto, listamos alguns fatores que você deve saber antes de adquirir o bilhete e embarcar para o seu intercâmbio. Confira!

Opções de companhias aéreas

Existem várias empresas que saem do Brasil — do aeroporto de Guarulhos, em SP, ou do Galeão, no RJ — com destino a Dublin. Geralmente, as companhias europeias oferecem voos com as melhores tarifas e duração.

Portanto, vale a pena verificar as opções das seguintes empresas:

Também há voos por empresas dos Estados Unidos, Canadá e até Turquia, mas lembre-se de que se houver escala nos EUA será exigido visto de entrada no país, o que pode significar um gasto a mais.

Qualidade das companhias aéreas

Alguns sites, como Skyscanner e Momondo, comparam preços de passagens aéreas. Já o Decolar.com traz também a classificação das companhias de acordo com a opinião de usuários. Veja a avaliação das empresas europeias:

  • excelente: Lufthansa e KLM;
  • muito bom: British, Swiss e Air France;
  • bom: Iberia.

Tempo de viagem

Para saber o tempo total da viagem, é preciso estar ciente de que as escalas influenciam a duração. Isso porque quanto mais paradas houver, mais demorada será a rota. O tempo médio de um voo até a Irlanda, com apenas uma escala, costuma ser de 15 horas. Com mais de uma, pode demorar 23, 35 ou mais horas.

A vantagem dos voos longos é que eles costumam ser mais baratos. No entanto, são mais cansativos. Mas é possível aproveitar as escalas fora do aeroporto, se você está procurando economizar e os preços estiverem interessantes.

Se a pausa durar 24 horas ou mais, você pode reservar uma hospedagem na cidade em que parar. Dessa forma, você consegue descansar um pouco e até passear pelo local.

Possíveis conexões e escalas

Nenhuma companhia aérea tem voo direto para a Irlanda, portanto sempre haverá escala ou conexão no país de origem da empresa. Se for a Air France, será em Paris. Já a KLM, fará escala ou conexão em Amsterdã.

A LATAM e a Gol também oferecem voos para Dublin, partindo de cidades brasileiras e com paradas dentro do país. O trecho internacional será em parceria com outra companhia. Por isso haverá outra parada, na Europa, antes de prosseguir até o destino.

Dessa forma, se você sair de Brasília pela Gol ou LATAM, provavelmente vai parar no Rio ou em São Paulo, de onde partirá até a Europa, com parada na cidade-sede da companhia parceira. Dessa cidade, finalmente irá para Dublin.

É importante diferenciar o tipo de parada: em uma escala, não se troca de aeronave; em uma conexão, a mudança é necessária. Nesse segundo caso, basta seguir a orientação dos comissários e agentes da companhia. Também é importante procurar saber a respeito da bagagem, já que em algumas situações é preciso pegá-la em conexões.

Preço médio de uma passagem

Em uma pesquisa, o site Momondo identificou que a passagem comprada 56 dias antes da partida pode ter tarifas mais baixas. Seguindo essa orientação, simulamos uma viagem com 1 mês de duração saindo de São Paulo.

Os preços encontrados nos buscadores variam entre R$ 3.500 e R$ 3.800 para os voos mais recomendados, ou seja, aqueles cujo valor é mais baixo com uma duração não muito longa.

Economia na hora de comprar passagem para Irlanda

Muitas vezes, o preço da passagem aérea acaba influenciando na escolha do país em que se quer fazer um intercâmbio. Para que você não precise pesar a sua escolha de morar nesse país encantador, listamos algumas dicas de como economizar na hora de comprar a sua passagem.

Contato Agências Intercâmbio WEST 1Powered by Rock Convert

Compre com antecedência

Como a pesquisa do Momondo identificou, as passagens mais baratas podem ser compradas em média 2 meses antes da viagem. Mas fique atento, pois a antecedência ideal varia conforme a época do ano (alta ou baixa temporada).

Escolha o dia certo

Se você não tem obrigação de chegar em determinado dia no destino, prefira viajar na terça-feira. É o dia mais barato da semana para voar. Viajar aos finais de semana costuma ser mais caro.

Saiba a hora de viajar

Se você procurar passagens para voos que saem muito cedo, na hora do almoço ou tarde da noite, os preços compensam mais. Isso porque as tarifas variam de acordo com a procura.

Procure os melhores meses para comprar passagem para Irlanda

Fevereiro e março são os melhores meses para fazer o trecho São Paulo-Dublin, enquanto dezembro e janeiro são os mais caros. Se você escolher o segundo ou o terceiro mês do ano para viajar, sua passagem pode acabar saindo mais em conta.

Olhe sites e aplicativos de busca

Hoje em dia existem muitas opções de sites e aplicativos de buscas. Os mais conhecidos são Skyscanner, Google Flights e Voopter, mas você pode procurar em outros também. Algumas vezes esses sites direcionam a outros que cobram uma taxa adicional ao preço da passagem. Então tenha bastante atenção na hora de fechar a compra.

Informe-se sobre a tarifa de estudante

Por fim, estudantes com menos de 35 anos, cujo curso no exterior dure mais de 2 semanas, podem tentar uma tarifa especial. A tarifa de estudante nem sempre compensa financeiramente, mas pode ser uma boa para conseguir flexibilidade na data de retorno — caso você tenha que ficar mais tempo no país, consegue trocar a volta sem pagar taxa.

Essa tarifa geralmente só é oferecida por agências de intercâmbio, mas pela Air France e pela KLM é possível adquirir a passagem de estudante por meio do atendimento telefônico.

Problemas a serem evitados

Ao fazer uma viagem internacional, é preciso atenção em alguns pontos para evitar dores de cabeça. Confira nossas dicas:

Fique atento ao peso da bagagem

Tanto em voos domésticos quanto internacionais, existe um limite máximo de bagagem permitido por pessoa. Esse valor varia de 23 kg a 32 kg entre as companhias aéreas. Normalmente, são permitidas duas bagagens com o peso máximo despachadas mais uma bagagem de mão. Na hora da compra da passagem, é possível verificar esses detalhes e escolher a opção que melhor te atenda.

Lembre-se de levar todos os documentos

Para viajar para qualquer lugar é preciso ter um documento de identidade aceito com foto. Além disso, para entrar na Irlanda, é necessário possuir a seguinte documentação:

  • comprovante de hospedagem;
  • seguro de saúde;
  • comprovação financeira;
  • passaporte válido por no mínimo seis meses após a data que sair da Irlanda.

Faça o check-in com antecedência

Normalmente as companhias aéreas abrem o check-in online 72 horas antes do voo e no balcão do aeroporto de 4 a 2 horas de antecedência da decolagem. Se você optar por fazer o check-in no aeroporto, chegue com antecedência para evitar imprevistos como filas enormes.

Além disso, na hora de embarcar no avião, opte por enfrentar aquela fila que muita gente tem preguiça de entrar. Isso porque, caso você chegue por último e não tenha mais espaço para a sua mala de mão, ela será obrigatoriamente despachada.

Saiba seus direitos de passageiro

Ninguém está livre de enfrentar problemas, como atrasos ou cancelamentos de voos. Por isso, procure saber quais são as obrigações das companhias nesses casos. A legislação varia de país para país. No Brasil, por exemplo, as empresas devem fornecer alimentação em caso de atrasos de mais de 2 horas. Se o atraso passar de 4 horas ou o voo for cancelado, o passageiro tem direito a reembolso ou remarcação sem custos.

Planejamento para uma viagem evita dores de cabeça e ainda pode ajudar a economizar dinheiro, o que acaba tornando a viagem mais prazerosa. Então, o melhor conselho que podemos dar é: olhe tudo antes e com calma.

Gostou das dicas para comprar passagem para Irlanda? Então, entre em contato com WEST 1 e saiba mais detalhes de como fazer um intercâmbio para lá.

 

Receba dicas exclusivas para planejar o seu intercâmbio!

Você também pode gostar

Deixe um comentário