Conheça 8 mitos e verdades sobre o Canadá

Quando o assunto é intercâmbio, o Canadá é um dos países mais citados em uma conversa. Além de ser um destino com um clima agradável e oportunidades de emprego, esse país tem uma diversidade cultural que agrada vários públicos que desejam visitá-lo. Porém, devido ao fato de as pessoas enxergarem tudo que é de fora como melhor ou pior, existem muitos boatos e histórias sobre a vida nas terras canadenses.

Por causa deles, acontecem algumas confusões com quem pretende visitar o país. Está decidindo seu intercâmbio e quer mais informações? Neste post, vamos mostrar para você alguns mitos e verdades sobre o Canadá para ajudar na sua escolha. Confira a seguir!

1. O inverno dura o ano inteiro no Canadá?

Não, isso é um mito. Muitas pessoas que veem o Canadá apenas pela televisão ou internet têm essa ideia de que o país vive em uma eterna “era do gelo”, mas não é o caso. O Canadá tem as quatro estações do ano bem definidas, ou seja, você não vai aproveitar somente o frio. Além da neve, existem muitos espetáculos durante o ano.

No verão, as temperaturas chegam aos 40 °C. No outono, as árvores enfeitam as ruas com diversos tons de laranja lembrando cenários de filmes de Hollywood. Ao chegar o inverno, as temperaturas ficam abaixo de zero e a neve decora as ruas. Por fim, na primavera, as flores e as árvores transformam a paisagem mais uma vez e você pode aproveitar todo esse espetáculo.

2. A jornada de trabalho canadense é menor que a brasileira?

Este é um tópico importante dos mitos e verdades sobre o Canadá, afinal, nos envolve diretamente. Assim como no Brasil, a carga horária de trabalho no Canadá é de 40 a 44 horas semanais. Ou seja, a jornada não é menor que a brasileira.

Algumas diferenças entre os dois países estão na forma de trabalho e no horário. A maioria dos empregados canadenses recebem por hora e cada minuto extra é pago conforme o contrato. Além disso, não existem feriados prolongados no Canadá. Se alguma data festiva cair em uma quinta-feira, por exemplo, ou a folga é movida para a sexta-feira ou o funcionário trabalha normalmente no dia posterior.

3. O ensino público é de qualidade?

Sim! O sistema de educação do Canadá tem como objetivo a escolha de uma profissão que se ajuste às habilidades e gostos de cada aluno. Outro fator importante é o desenvolvimento do pensamento crítico e senso de cidadania para a construção de uma sociedade igualitária.

Além de disciplinas essenciais como matemática e ciências, o estudante canadense também pode aprender sobre culinária, teatro, fotografia, entre outras experiências que podem virar tanto uma profissão quanto um divertimento no futuro.

4. Os brasileiros têm preferência na busca por emprego?

Esse boato de que o Canadá tem preferência por brasileiros ao oferecer empregos não é verdade. Todo e qualquer imigrante tem espaço no mercado de trabalho canadense desde que seja qualificado e atenda às condições do emprego que ele busca.

O Canadá oferece diversos programas em que pessoas de todas as partes do mundo se inscrevem e, se cumprirem os requisitos, são chamadas para morar no país como residentes. Então, tanto brasileiros quanto pessoas de outras nacionalidades podem se candidatar a empregos no True North, o importante é a sua qualificação.

5. O Canadá é um país seguro?

Este é outro tópico muito importante a respeito dos mitos e verdades sobre o Canadá. Toronto, uma das maiores cidades do país, tem uma taxa de criminalidade menor do que as de todas as grandes cidades dos EUA e a menor taxa do próprio Canadá: 1,3 homicídio para cada 3 mil habitantes. Um ótimo percentual se o compararmos com os números brasileiros.

Com informações como essa, é bem comum que as pessoas vivam nas terras canadenses com tranquilidade. Mas obviamente é preciso ter responsabilidade, afinal, crimes acontecem em qualquer lugar e é sempre bom ter cuidado com os nossos pertences não importa onde estejamos.

6. Qualquer um pode comprar um carro?

Outra verdade. Mesmo dispondo de meios de transporte de qualidade, é muito fácil adquirir um veículo no Canadá. Há carros 0 km que são vendidos por até 10 mil dólares canadenses. As despesas com manutenção e seguro podem ser um pouco altas, porém, o custo-benefício ainda é ótimo, principalmente em comparação com os preços brasileiros.

Embora tenha a menor taxa de acidentes da América do Norte, o seguro de carro no Canadá é o mais caro do continente. Em caso de compra à vista, ele não é obrigatório, apenas o seguro para terceiros. Entretanto, se o carro for alienado, ele só é liberado da concessionária com uma prova de que tem seguro, seja o veículo novo ou usado.

7. É preciso falar francês para viver no Canadá?

Apesar de ser um dos idiomas oficiais, não é necessário saber francês para conseguir o visto e imigrar para o Canadá. Até mesmo em Quebec, província onde a maior parte da população usa o idioma no dia a dia, boa parte dos habitantes é bilíngue.

As empresas também trabalham com ambos os idiomas, o que facilita o convívio e as oportunidades de emprego. Mesmo que o inglês seja mais utilizado, saber ambos os idiomas oficiais do Canadá é uma vantagem importante para quem deseja visitar o país ou buscar emprego nele.

8. O Canadá garante que os habitantes nunca passem fome?

No Canadá, existem diversos programas para garantir roupa, comida e abrigo para os mais necessitados. Em todos os cantos do país, bancos de comida e instituições de caridade ajudam a quem precisa, principalmente crianças. Graças a esses movimentos, o país sempre oferece ajuda a desabrigados e refugiados de guerras.

Esses mitos e verdades sobre o Canadá são alguns motivos para que o país seja um dos destinos mais desejados por muitas pessoas que buscam novas oportunidades e desafios. Por ser um dos países mais multiculturais do mundo, os canadenses são muito receptivos e amigáveis com imigrantes e turistas. Entretanto, também é necessário fazer o nosso papel, sendo sempre educados. Afinal, ainda são pessoas de culturas diferentes dispostas a aprender novos conceitos.

Você gostou deste conteúdo e quer aprender mais sobre o Canadá? Confira também o nosso artigo sobre as melhores praias do Canadá. Boa leitura!

 

Receba conteúdo em primeira mão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This